Escolha uma Página

Ser Trader: O Tao do Trader

Todos nós temos um caminho a percorrer, caso queiramos nos tornar bons em alguma coisa. Não tem como escaparmos disso. Hoje, quero mostrar a vocês o Tao do Trader.

 

 

O que é Tao?

 

Para quem não conhece, Tao é uma palavra chinesa que significa “caminho“. De acordo com o Wikipedia:

“Dentro do contexto da filosofia tradicional e religião Chinesa, o Tao é o conhecimento intuitivo da “vida” que não pode ser apreendido completamente – tão somente – como um conceito, mas pode ser conhecido, no entanto, através da experiência de vida real, cotidiana.”

Todos nós temos um Tao a percorrer, e como Traders não é diferente. Todos temos metas e objetivos, e para alcançar tudo isso, temos um caminho (longo por sinal) para chegar lá.

 

 

Tao do Trader

 

Quando eu penso no caminho que percorri como Trader, vejo o quanto eu evolui nesse período. Mudei muita coisa, tanto do lado profissional, quanto do lado pessoal.

O Mercado tem disso, de mexer com todas as áreas da nossa vida, e nem nos damos conta.

Cada Trader vai ter um caminho a seguir, individualmente. Afinal, cada um tem um objetivo no mercado.

Porém, existem algumas coisas que são comuns a todos nós. Alguns pontos em que, se queremos evoluir no nosso caminho, precisamos dar a devida atenção. Esses pontos servem como “marcadores” no seu caminho.

 

Resultado de imagem para caminho

 

 

Saiba exatamente onde você quer chegar.

 

Esse é o principal! Se você não souber exatamente onde você quer chegar, você não vai saber qual caminho percorrer.

É muito importante ter uma meta clara, com prazos e muito bem estruturada, para que você possa medir o quanto você está ou não se aproximando dela.

A “meta” de alguns pode ser ganhar dinheiro, ter liberdade, não ter chefe, enfim, muitas coisas… Mas isso são sonhos, e não metas. Quando se estipula sua meta, ao alcançá-la, você estará mais próximo do seu sonho.

Logo, para alcançar um sonho, você pode ter várias metas intermediárias, te forçando constantemente a sair da zona de conforto e ir atrás dos seus objetivos.

Esse já é um bom começo para sua jornada, além de não deixar você desanimar no meio do caminho!

Se você ainda não sabe o que quer exatamente, leia: VOCÊ SABE EXATAMENTE O QUE QUER?!

 

Imagem relacionada

 

 

 

Disciplina para se manter no caminho

 

Talvez essa seja a coisa mais difícil para um Trader: Se manter no caminho correto.

Muitos fatores, as vezes fora do nosso controle, nos faz desviar dos nossos objetivos. Sejam esses motivos, internos ou externos, temos que desenvolver nossa disciplina para voltarmos ao caminho certo.

Por que disciplina e não resiliência? Simples, por que disciplina te mantêm na direção correta, mesmo nas piores situações possíveis. Ou seja, te mantém em ação, movimento, mesmo com tudo desmoronando.

Na minha opinião, essa deve ser a primeira meta de um Trader: Ser disciplinado!

Se você tem dificuldade com disciplina, leia:A DISCIPLINA DE UM TRADER (E leia também a parte PRÁTICA)

 

Imagem relacionada

 

Saiba a quem se comparar

 

Aqui é onde muitos, mas muitos Traders falham. Muitos não desenvolvem os dois pontos que mencionei antes e se guiam pelos resultados dos outros.

Se comparam ao “coleguinha do lado“, querendo fazer as mesas coisas, e perdem o foco neles mesmos. Depois, reclamam do quanto eles não são bons, ou que o Mercado não é para eles…

Entenda: Eu não sou igual a você, nem você é igual a mim. Você tem metas, objetivos e uma visão de mundo diferente da minha.

Com isso em mente, como podemos nos comparar?

Ah, mas o Trader tal, faz X Mil reais por dia e eu não faço!“, “O Trader tal boleta com Y contratos e eu não…“, ” O Trader fulano se tornou ‘consistente’ em 3 meses e eu to aqui a 6, e até agora só perco dinheiro…

Quando ouço isso, a primeira coisa que me vem a mente é: F#$@M-SE ELES! Somos diferentes em inúmeros fatores!

Não me importa se outro Trader, fez 100 vezes mais dinheiro que eu no ultimo pregão, não estou em uma competição com outros Traders!

A competição é sempre comigo mesmo! Hoje EU tenho que ser melhor do EU fui ontem. Amanhã, serei melhor do que EU fui hoje!

Nunca tentar ser melhor que outra pessoa. Entenda que VOCÊ NÃO É ESPECIAL.

Se você estiver sempre se comparando com outras pessoas, você sempre estará se desviando do SEU caminho.

 

Resultado de imagem para se olhar no espelho

 

 

E nunca se esqueça de olhar o caminho que você já trilhou

 

Vejo muitos Traders que dizem que não estão evoluindo, que não estão caminhando pra frente, que estão empacados! Que sentem que não estão saindo do lugar nunca!

Eles estão tão preocupados e apressados em alcançar as metas logo que esquecem de aproveitar e aprender pelo caminho.

Afinal, você só vai chegar lá se prestar atenção por onde você anda. Não existe um mapa com um caminho desenhado. (tá achando que é essa janta toda aí?! )

Por isso, é muito importante, sempre que sentir que não está evoluindo parar e pensar em tudo o que você já trilhou e alcançou.

Onde você estava antes e onde você está agora? O que você aprendeu nesse tempo? Quais habilidades você desenvolveu?

Essas são algumas das perguntas que você pode fazer a você mesmo para saber o quanto você evoluiu!

SAIBA QUEM VOCÊ É e onde quer chegar, e durante o percurso mantenha-se disciplinado e veja o quanto você já se desenvolveu… Você vai se surpreender!

 

Resultado de imagem para Olhar pra tras

 

 

Curtiu o post?! Então deixa aí nos comentários o que achou! E não esqueça de compartilhar ele com outros traders para que a gente possa ajudar mais gente nesse mercado!

Antes que eu esqueça, NÃO DEIXE DE SE CADASTRAR para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem usa o Instagram, só me seguir lá no @herick.borges.14

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

A Falácia do “Tudo Funciona”

Em resumo, mercado é Contexto e Probabilidades

Sucesso passado não garante sucesso futuro

Você sabe exatamente o que quer?!

Vou te tirar da sua Zona de Conforto

A Confiança do Profissional

Ser Trader: Saiba assumir riscos

A principal característica da profissão de Trader é saber como ligar e gerenciar os riscos que o mercado possui. Então, no post de hoje, vamos falar de alguns pontos para que você saiba assumir riscos de forma consciente.

 

 

 

O que é Risco, afinal?

 

Resultado de imagem para Teimosia House

 

Quando ouvimos a palavra “Risco“, nosso cérebro de forma automática, associa como algo ruim, algo que pode nos causar mal. Isso ocorre por que essa palavra é, em geral, usada em situações negativas, como por exemplo “Risco de morte“.

Risco nada mais é do que a probabilidade de ocorrência de um evento, sem juízo de valor, ou seja, pode ser um evento benéfico ou não. Esse evento pode ser algo a nível individual, afetando somente a você, ou algo mais macro.

Logo, é importante entender o significado da palavra “Risco” para que esse conceito seja melhor entendido por você. Como disse antes, é normal associarmos a algo ruim, e por isso tendemos a evitar pensar ou até processar esse tipo de informação.

E só para constar, o risco está presente em nossas vidas o tempo todo, e nem percebemos. E por isso, muita das vezes agimos por impulso, sem pensar nas consequências e o resultado… nem sempre são dos melhores…

 

 

 

Diferença entre Riscos

 

Para nós, como seres humanos, saber tomar decisões é primordial para nossa sobrevivência. Era assim antes e vai continuar sendo assim até o final da nossa espécie.

Saber tomar decisões de forma correta, foi o que permitiu que os genes fossem passados adiante. Meio que quem não soube escolher e avaliar corretamente os riscos, ficou pra trás…

Hoje em dia, não temos que nos preocupar mais com coisas do tipo “Esse alimento é venenoso?” ou “Esse animal é perigoso?“, pois já temos uma vasta experiência do que podemos ou não fazer, embasando nossa tomada de decisão sobre o que é bom ou não para nós.

Porém, ainda hoje existem riscos que temos que parar para pensar se valem ou não a pena serem assumidos.

No mercado, temos essas respostas em tempo real, e logo você sabe se tomou uma decisão de forma assertiva, assumindo um risco de forma benéfica a você.

Sabendo diferenciar Riscos “Bons” e Riscos “Ruins”, você consegue se manter vivo e “passar seus genes adiante“.

 

Imagem relacionada

 

 

Riscos “Bons” e Riscos “Ruins”

 

Já escrevi dois posts aqui no blog, em que abordei dois termos (que particularmente julgo) muito importantes: ANTIFRÁGIL e EXPOSIÇÃO AO RISCO, sobre efeitos de Linearidade e Não-Linearidade.

Mesmo quem começou no mercado ontem, ouve a sábia frase: “Quando perder, perca pouco. Quando ganhar, ganhe muito!“. Porém, o que muita gente não entende é justamente o que é o “perder pouco” (e em muitos casos fazem justamente o oposto…).

Como mencionei no inicio do post, risco não faz juízo de valor, logo quando falo de Risco “Bom” e “Ruim”, estou perguntando: O que eu tenho a perder?

Essa é a pergunta que poucos (QUASE NENHUM!) Traders fazem. Não digo somente em termos financeiros, mas também em termos psicológicos.

Quando assumimos um Risco “Bom”, estamos assumindo um perda pequena seja ela uma pequena quantia de dinheiro, um pouco do nosso tempo, ou até mesmo deixar de comer um doce nesse momento, visando um ganho muito maior, as vezes exponencialmente maior.

Se colocarmos em um gráfico, você terá uma curva convexa, onde sua “perda” é pequena e seus “ganhos” são exponenciais.

Quando assumimos um Risco “Ruim”, estamos muita das vezes nos colocando em perigo e assumindo um risco muitas vezes fatal, seja na para nossa vida pessoal ou como Trader.

Um belo exemplo de assumir um Risco “Ruim” é você aumentar sua mão, no meio do pregão, sem justificativa plausível, e o principal motivo disso foi por que “você quis“. Nesse momento, você assume uma perda maior do que o seu gerenciamento de risco permite.

Nessa, você arrisca além de seu dinheiro, seu estado mental, possivelmente entrando em Espiral Descendente (Vulgo Dia de Idiota, ops, Fúria…)

De forma gráfica, você tem o extremo oposto, ou seja, uma curva concava.

(Para exemplo dessas curvas, vejam o Post sobre EXPOSIÇÃO AO RISCO)

 

 

 

Como posso melhorar isso?

 

Resultado de imagem para Riscos

 

Não sendo idiota, seria a primeira coisa. E em segundo seria se perguntar: O que eu perco se eu fizer isso?

Ao se perguntar, você começa a pensar em todas as possibilidades de perda que você terá, fazendo com que sua mente já se “acostume” com essas perdas e fazendo você pensar se vale a pena ou não continuar.

Caso você perceba que o que você vai perder está dentro dos seus limites aceitáveis, você se faz uma segunda pergunta: O que eu ganho se eu fizer isso?

Assim, você começará a listar os possíveis resultados positivos dessa decisão. Obviamente, se o que você tem a perder for muito pouco em relação ao que você pode ganhar, a resposta fica óbvia!

E agora, sabendo disso tudo, Como você pode pôr em prática, hoje ainda, essas dicas?

 

 

Curtiu o post?! Então deixa aí nos comentários o que achou! E não esqueça de compartilhar ele com outros traders para que a gente possa ajudar mais gente nesse mercado!

Antes que eu esqueça, NÃO DEIXE DE SE CADASTRAR para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem usa o Instagram, só me seguir lá no @herick.borges.14

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

A Falácia do “Tudo Funciona”

Em resumo, mercado é Contexto e Probabilidades

Sucesso passado não garante sucesso futuro

Você sabe exatamente o que quer?!

Vou te tirar da sua Zona de Conforto

A Confiança do Profissional

Ser Trader: A Falácia do “Tudo Funciona”

Com certeza, você já ouviu a Falácia do “Tudo Funciona” no mercado. Mas já parou para perguntar se realmente, tudo funciona? Veremos…

 

 

Até mesmo um relógio parado…

 

Não vou ser o cara que diz: “Ah, no mercado tudo o que você quiser utilizar, vai funcionar..” por que eu não quero passar pano para ninguém.

Como já disse antes, não julgo nem acho ruim quem opera de uma forma diferente de mim. Respeito e admiro quem sabe o que faz.

Porém, muitos dos iniciantes querem o Santo Graal, querem o Setup Mágico, que basta utilizá-lo, e pronto, vai ficar rico em 1 mês…

Não meus amigos, Nem tudo funciona no mercado. Isso é uma verdade…

Não é pelo fato de você utilizar uma ferramenta e conseguir um resultado final satisfatório que aquela ferramenta é a correta para o trabalho…

Até mesmo um relógio parado acerta a hora duas vezes no dia (e nem por isso ele está certo…).

 

Resultado de imagem para relógio parado

 

 

Como saber se algo funciona?!

 

Essa pergunta pode ter passado pela sua mente (assim espero…), e a resposta para ela é bem simples!

Já mencionei aqui no blog uma coisa chamada EFEITO LINDY, onde as coisas (sejam ideias, produtos, conceitos, entre outros) que sobrevivem ao longo do tempo, tem uma maior tendência a continuar existindo.

Outro ponto a ser observado é a quantidade de dados que essa técnica possui. Se ela for muito nova, haverá pouca informação válida a respeito, o que diminui sua confiabilidade.

Quanto mais tempo algo está “vivo” por aí, mais pessoas tendem a utilizar. É uma regra simples: O que é inútil é descartado.

Porém, não é somente porque está sendo utilizado por outras pessoas, que estas sabem utilizar da forma correta.

 

 

 

O que funciona para mim?!

 

Para saber o que funciona para você, é necessário se conhecer. Coisa que eu repito e repito aqui no blog. Se você ainda não parou pra pensar nisso, dá uma olhada nesse POST.

Quando você descobre o que você consegue ou não fazer, o que você tolera e o que não tolera, você vai perceber se o estilo operacional que você está utilizando é compatível com o seu perfil psicológico.

Se ambos forem compatíveis, é muito mais fácil se aprofundar nesse operacional, sem ficar pulando de galho em galho.

Logo, muita gente que entra no mercado não se conhece, querendo resultados rápidos, e para isso acabam comprando cursos aleatórios somente por que aquela pessoa “boleta alto

Ou por que tem a promessa de lucros consistentes de forma quase instantânea… E nem vou entrar em questões de Calls de sala e afins…

Como eu já vi por aí, pessoas utilizando “Médias móveis para identificar tendência” mas não sabem ler a tendência do mercado… (to falando de Teoria de Dow, para quem ficou confuso)

Questione, estude, procure entender quais as utilidades do que  você está aplicando. Se souber usar as ferramentas de forma correta, terá meio caminho andando até seu objetivo.

Então fica aqui a dica do tio: Se você não se conhece, NADA funciona. Nem todas as estratégias e técnicas SERVEM PARA VOCÊ. Logo, NEM TUDO FUNCIONA… Quem diz que tudo funciona, está mentindo pra você….

Se conheça em profundidade e descubra o que funciona para você. E pelo amor de Deus, quando descobrir, ESTUDE MUITO, a ponto de saber utilizar até mesmo se o mercado estiver de cabeça para baixo! (e mais importante, saiba quando não agir!)

 

Resultado de imagem para trader da bolsa de valores

 

Curtiu o post?! Então deixa aí nos comentários o que achou! E não esqueça de compartilhar ele com outros traders para que a gente possa ajudar mais gente nesse mercado!

Antes que eu esqueça, NÃO DEIXE DE SE CADASTRAR para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem usa o Instagram, só me seguir lá no @herick.borges.14

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Em resumo, mercado é Contexto e Probabilidades

Sucesso passado não garante sucesso futuro

Você sabe exatamente o que quer?!

Vou te tirar da sua Zona de Conforto

A Confiança do Profissional

Arriscando sua própria pele

Ser trader: Em resumo , Mercado é Contexto e Probabilidades

AVISO IMPORTANTE! O assunto que vou abordar hoje pode ofender o ego de alguns traders, principalmente os mais “experientes“. Praticamente, acho que consigo desmistificar um ou outro conceito de mercado aqui, até porque, em resumo, Mercado é contexto e probabilidades.

 

 

Por onde eu começo?!

 

Para quem estudou um pouco a mais a respeito do mercado (para quem de fato foi além, tá?!) vai conseguir entender o principio desse post. Quem não o fez, vai ficar incomodado.

Não te culpo, caso fique. Espero que o que eu escreva aqui, te ajude a enxergar as coisas de um ponto de vista diferente. Não quero mudar você.

Para a grande maioria (lembre-se disso), o Mercado se resume em técnica, números, cálculos matemáticos, projeções e afins. Ignoram por completo outros fatores que tangem e influenciam, seja o Mercado, seja o operador em si.

Acham que o mercado é uma fórmula exata onde 1+1 é igual a 2, onde existe a relação causa e efeito. Coisas que eu já abordei no post de PROBLEMA DE NARRATIVA.

Para essa galera, o Mercado tende a “respeitar” as regras dos operacionais deles, como se os indicadores que eles usam e a forma como veem o “mercado”, dão maior exatidão e precisão.

Como eu disse no post sobre HESITAÇÃO, quanto mais informações você possui, mais fácil não tomar decisão alguma.

Agora, deixa eu esclarecer umas coisas a respeito dessa “fé cega” nessas coisas…

 

 

 

Destruindo o que você acredita

 

Para quem não sabe, meu maior passatempo no mercado, além de entender o funcionamento da mente dos operadores (a minha inclusive!) é aprender métodos operacionais diferentes do meu e descobrir suas falhas.

Nada contra com quem opera de forma diferente da minha, de modo algum. Acho até interessante, pois posso comparar as linhas de raciocínio.

Quando encontro operadores que SABEM operar seus indicadores, eles me dão uma aula de como usar e faz sentido para mim, por mais que eu não vá usar. Eles também sabem QUANDO NÃO USAR essas estratégias (o que julgo tão importante quanto saber).

A esses operadores, eu tenho respeito. Já para os que não sabem me responder…

A galera tem uma dificuldade tremenda em entender o que são fatos, com probabilidades concretas de acontecer e projeções, com probabilidades imaginárias.

 

 

 

Operando com Projeções, cálculos complexos e afins…

 

Resultado de imagem para metricaO maior erro dos traders (na minha opinião) é não saber ler o mercado, e nem se interessar por isso, porém querem ver ele através de indicadores e projeções.

É como se você quisesse conversar com alguém, mas ao invés de falar diretamente, você fosse falar com um amigo dessa pessoa.

O erro é que existe perda de informação nesse trajeto. Exemplo prático: Uma média móvel É SEMPRE ATRASADA EM RELAÇÃO A TENDÊNCIA! Isso é um fato, não tem desculpas (porém, o cara que fica ligado no Mercado, percebe o inicio da tendencia muito mais rápido…)

A partir daí, as pessoas começam a acreditar em projeções de mercado, fornecidos por indicadores, mostrando “até onde o Mercado vai” ou “onde exatamente o Mercado vai virar” entre outras coisas…

O Mercado não funciona assim. Não funciona com PROJEÇÕES. Por um simples fator: ELE É FORMADO POR PESSOAS! 

Resultado de imagem para ora ora temos uma xeroque rolmes

 

 

De uma vez por todas: APRENDA A LER O MERCADO!

 

Pelo simples fato de o Mercado ser formado por pessoas, ele se torna imprevisível! Não existe projeção ou métrica precisa para ele.

Se você não souber ler o mercado, não souber identificar seus movimentos através dos próprios movimentos dele (e não de indicadores), você não vai saber reagir quando algo mudar (e nem saber usar o indicador correto #ficaadica).

E com isso, vai querer aprender outra técnica, outro indicador para mostrar reversões e mais informação… e tudo isso te tira do foco!

Entender o Mercado é bem mais simples do que se imagina: É basicamente, Contexto e Probabilidades aplicados de forma prática! SÓ! MAIS NADA!

Não é projeção, não é indicadores, nem cálculos matemáticos complexos… É COMPORTAMENTO HUMANO APLICADO, com suas respectivas probabilidades intrínsecas!

Você pode não concordar comigo, tudo bem… Isso só me mostra que você está com a maioria…

E aqui vai um dado interessante: Cerca de 95% dos Traders que entram para tentar a vida no Mercado, não alcançam a consistência… Ou seja A MAIORIA! (E se você acha que não não faz parte, sinto lhe dizer que VOCÊ NÃO É ESPECIAL)

Ainda não concorda comigo? Está bem…  Existe uma máxima no Mercado, tida como “lei” que diz: “O mercado é soberano“. Se ele faz o que quer, não acha contraditório alguém afirmar que a “projeção dele” vai ser respeitada pelo Mercado?

Agora, sabendo dessas coisas que eu mencionei acima, te pergunto: Onde, de fato você quer estar, nos 95% ou entre os 5%? O que você tem feito para chegar lá? E como você pode desenvolver o comportamento e o mindset correto para chegar lá? (Spoiler: Ler esse blog sempre, é um deles!)

 

Resultado de imagem para trader vencedor

Leitor constante do blog tendo ganhos!

 

 

Curtiu o post?! Então deixa aí nos comentários o que achou! E não esqueça de compartilhar ele com outros traders para que a gente possa ajudar mais gente nesse mercado!

Antes que eu esqueça, NÃO DEIXE DE SE CADASTRAR para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem usa o Instagram, só me seguir lá no @herick.borges.14

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Sucesso passado não garante sucesso futuro

Você sabe exatamente o que quer?!

Vou te tirar da sua Zona de Conforto

A Confiança do Profissional

Arriscando sua própria pele

Trader e os Boxeadores

 

Ser trader: Sucesso passado não garante sucesso futuro

Você é do tipo que sempre teve “sucesso” em outras coisas e acha que vai conseguir replicar o seu “sucesso” no mercado financeiro só por conta disso? Desculpe te trazer para a realidade mas: Sucesso passado não garante sucesso futuro

 

 

Antes de mais nada, saiba que você está entrando em um “ambiente novo”

 

Somos seres de hábitos e costumes, e como ja expliquei aqui, nosso cérebro trabalha através de atalhos para economizarmos energia. Isso é natural.

Logo, é comum cometer o erro de pensar que “Se eu consegui antes, vou conseguir de novo“, mesmo que isso signifique que você esteja realizando uma tarefa completamente diferente do habitual.

É muito mais “fácil” você conseguir ser bem sucedido em algo que você conhece e já tem certa experiência.

Por exemplo: é muito mais fácil ser bem sucedido em uma faculdade assim que sai do ensino médio, devido a rotinas de estudo do que parar de estudar durante um tempo e retornar a sala de aula.

A dificuldade é maior, pois terá que se readaptar a rotina de estudos.

Então, antes mais nada: Não importa de “onde você veio”, quando chegar ao Mercado, você vai precisar se adpatar a ele, e sendo assim, esqueça seus sucessos passados…

 

 

 

Sucesso é…

Resultado de imagem para sucesso

 

 

Sucesso por sucesso não significa nada. Não é porque você conseguiu escalar o Everest que vai ser, automaticamente, um trader bem sucedido. Tira isso da sua cabeça.

Não importa quem você foi para o mercado e sim quem você vai se tornar enquanto estiver dentro dele!

Muitas pessoas se revelam e se conhecem quando encaram o mercado, por ele ser imparcial, intolerante e que não suporta baboseira e nem desculpas!

O principal é saber o que sucesso significa para você! Para alguns, pode ser conseguir bens materiais, para outros é uma sensação, estado de espirito… Enfim, pode ter inúmeros significados!

Portanto, pense um pouco: O que sucesso significa para você?

 

Resultado de imagem para carros, mulheres, iates gif

 

 

Nem tudo é dispensável!

 

Obviamente, é impossível como ser humano, esquecer tudo para começar algo novo, sem vieses ou maneirismos. Podemos pegar como exemplo alguém que nunca dirigiu e aprende na auto escola, e alguém que já dirigiu e vai para auto escola.

O primeiro aprende o modo correto mais rápido, por estar em “branco”. Já o segundo tem que se reeducar e se livrar de vícios motores,  para aprender o modo correto.

Quando entramos no mercado, sempre temos os melhores pensamentos possíveis a cerca dos nossos resultados. Porém muitos de nós não conseguimos nos livrar de vieses de experiências anteriores, sejam boas ou ruins…

Podemos chegar nos achando o máximo e o mercado nos mostrar que não somos essa coca cola toda! Podemos chegar cheios de coragem, e o mercado nos mostrar que somos mais medrosos do que aparentamos…

Porém, podemos nos beneficiar de habilidades e comportamentos desenvolvidos anteriormente, com base nas nossas experiências, e adaptá-las para usar no mercado.

Esses comportamentos e habilidades, como disciplina, paciência, foco, pensamento estratégico, coisas que podem ser desenvolvidas totalmente fora do Mercado, que ajudam a alcançar alguma meta, quando focadas para o mercado, te ajudam a dar um salto.

Então, entenda que sucesso passado não garante sucesso futuro, PORÉM os comportamentos e habilidades que o levaram a alcançar esse sucesso, sim…

 

CURSO DE PORTEIRO PROFISSIONAL: SUCESSO PROFISSIONAL

 

Curtiu o post?! Então deixa aí nos comentários o que achou! E não esqueça de compartilhar ele com outros traders para que a gente possa ajudar mais gente nesse mercado!

Antes que eu esqueça, NÃO DEIXE DE SE CADASTRAR para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem usa o Instagram, só me seguir lá no @herick.borges.14

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Você sabe exatamente o que quer?!

Vou te tirar da sua Zona de Conforto

A Confiança do Profissional

Arriscando sua própria pele

Trader e os Boxeadores

Processo de evolução de uma criança