Pergunta rápida: Você sabe usar o STOP de forma correta?! Será?

STOP.. para que serve, onde vivem, o que comem…

Resultado de imagem para STOP

Vamos ser diretos, TODOS que operam no mercado sabem o que é uma ordem de stop loss/gain, mesmo que não usem (aí complica né..), mas sabem para que serve.

De forma simples, tem a função de limitar suas perdas (stop loss) e marcar um alvo para suas operações (stop gain) e quando o mercado atingir os preços determinados, a ordem é executada, sem mistério.

MAAASSS, meu intuito aqui não é ser técnico, nem mostrar “qual o melhor ponto para se posicionar um stop”. longe de mim fazer isso… o que eu quero é que você pare um pouco e pense o que acontece na sua mente durante a operação, ou seja, com a ação rolando na tela.

Ressignificando o STOP

Vamos imaginar aqui uma operação aleatória (ou se preferir, pode ser uma operação que você tenha feito). Vou partir do principio que você use as ordens de stop loss/gain.

Você analisou o gráfico, viu o movimento dos preços, conferiu seus indicadores (caso use…) e decidiu abrir uma posição no mercado. O preço alcança sua ordem, executa no seu ponto de entrada e a partir daqui temos duas possibilidades:

1 – O preço alcança seu stop loss

Com o preço indo contra você, começa a preocupação de “levar aquele stop”, começa o nervosismo, a impaciência, a ansiedade e talvez até, um pouco de desespero.

E quando pega sua ordem de stop loss, vem aquele sentimento de frustração, pois você analisou o gráfico, viu tudo o que poderia ver e ainda assim, foi stopado no prejuízo

Stop

Aquele stop cheio!

2 – O preço volta e começa a ir ao seu favor

Melhor sensação do mundo, não é mesmo?! Tira um peso das costas e toda aquela pressão da operação some como mágica… melhor ainda, indo no seu alvo pré-estabelecido e te dando uma operação vencedora.

Stop

DEU GAIN!

Agora vamos analisar sua postura diante de ambos os casos:

No primeiro caso, nos sentimos mal por termos tido um prejuízo, mas realmente deveríamos? Bem, devemos entender que isso é um risco do nosso negócio. Estamos arriscando nosso capital a cada operação.

Uma dica para ressignificar essa situação é tomar duas decisões importantes: A primeira, usar o Stop loss, literalmente como uma pausa. Levante-se, vá tomar uma água, sai da frente da tela, respire e tire o foco do mercado por alguns instantes, para que você aceite aquele prejuízo. A segunda é responder, de forma sincera a pergunta: O meu ponto de entrada foi REALMENTE o melhor ponto de entrada, a partir do meu operacional?.

Quando se para para pensar nessa questão, automaticamente, você condiciona sua mente a procurar pontos diferentes da entrada que você fez, fazendo com que se enxergue outras “oportunidades” escondidas

No segundo caso, a sensação de euforia, dependendo do tamanho ganho, pode (VAI!) impactar sua próxima decisão, fazendo com que você não consiga entrar no melhor ponto possível, pois o sentimento de “eu estou certo” está afetando seu julgamento. Aqui vale a primeira dica do stop loss, faça uma pausa.

Uma outra coisa que pode acontecer é o preço continuar o movimento, indo bem além do seu ganho, e você ficar se sentindo mal por não ter “pego mais”.

Esse sentimento vai totalmente contra a disciplina, pois se você já definiu seu alvo, é ali que você sai da operação, INDEPENDENTE do que aconteça. Ao entrar em uma operação, você deve saber o quanto está disposto a perder e o que quer ganhar…

E a galera que não usa STOP ou fica movendo o STOP LOSS?

Só uma coisa:

Imagem relacionada

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem tem curtido nossas publicações, convido vocês a conhecerem um blog irreverente e descontraído de um cara Top! Acessem lá: Blog do Magrelow Trader

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Riscos e Retorno

Que tipo de trader eu sou?!

Importância das Metas

Importância das Metas pt2

O Trader e as Crenças Limitantes

The following two tabs change content below.

Herick Borges

Trader Autonomo
Trader autônomo e investidor na bolsa desde 2011. Coach formado pela Sociedade Latino Americana de Coach e autodidata em assuntos relacionados a finanças pessoais, investimentos, economia e um grande entusiasta em psicologia comportamental e de alta performance voltada ao Mercado Financeiro.

Latest posts by Herick Borges (see all)