Quem nunca fez uma operação, sem saber o motivo, aquela operação que você agiu por puro instinto, ou popularmente chamado de feeling. Já tentou entender melhor como funciona esse feeling?!

Agindo por instinto

Muita das vezes, nas diversas situações da nossa vida, já ocorreu algum momento onde nós tomamos uma decisão ou agimos, sem saber o por quê. Simplesmente fomos lá e fizemos algo.

Dependendo do resultado final, nos arrependemos muito ou ficamos muito felizes. Mas o bicho pega quando alguém pergunta: Por quê você fez isso?! e a resposta é um NÃO SEI grandão.

Geralmente não sabemos por que fazemos algo, só reagimos e colhemos o resultado dessa decisão, porém, é impossível termos agido sem pensar, pois mesmo inconscientemente aquilo passou pela nossa mente.

Somos bombardeados por informações o tempo todo, e nosso cérebro processa milhares de informações por segundo, e querendo ou não, armazenamos informações úteis e inúteis.

Essas informações armazenadas na nossa mente, entra no meio do processamento inconsciente o que gera um “erro de cálculo”. Podemos dizer que essa informação “buga” nossa mente, e agimos antes de pensar. Igual quando o mercado pula nossa ordem e executa com spread.

Tipos de instinto

Agir por instinto, não é de tudo ruim. É necessário que haja um gerenciamento psicológico muito bom (como mencionado no último post) para que você saiba se está agindo por emoção ou não.

Basicamente, podemos separar em Instinto Emocional e Instinto Racional.

Instinto Emocional

É quando sua decisão involuntária está baseada (ancorada) em alguma emoção, seja ela boa ou ruim. É a decisão do tipo “não sei explicar, apenas senti”.

Um exemplo prático é quando sofremos alguma injúria e reagimos sem pensar, ofendendo ou atacando de volta. Acontece muito no mercado, quando tomamos um loss e queremos nos vingar do mercado sem motivo.

No geral, o Instinto Emocional não dá muito certo, pois não temos razões específicas para acreditar na ação que tomamos e não encontramos justificativas para elas. Esse instinto pode quebrar sua conta em pouco tempo…

Instinto Racional

Esse é o instinto que nós desenvolvemos com o tempo e com a experiência. Ele estará baseado em algum dado racional que, por mais que você não perceba, está na sua mente.

Exemplificando, é quando você entra numa operação, sem saber o por quê no momento, e logo em seguida, consegue justificar sua operação, sem usar o “emocional” para explicar.

Esse instinto é muito comum em atletas de alta performance, em pessoas que possuem grande experiência em determinado assunto. É o instinto que o enxadrista tem de prever os próximos movimentos do seu oponente.

O Estado de Fluxo

Já comentei em um post anterior sobre esse estado em que nossa mente consegue entrar.

É um estado mental onde nós simplesmente agimos, sem parar para pensar muito, onde as coisas fluem de forma automática. Não se engane, não é algo emocional, e sim puramente racional.

Nesse estado, nós estamos tão focados no que estamos fazendo, que todo o processamento das informações ocorrem em segundo plano, totalmente baseados em nossas informações e experiências técnicas, que nós simplesmente agimos.

Seria o estado de “Instinto superior”, onde é possível “prever” o movimento seguinte, pelo simples fato de estar conectado de tal forma, que você se torna um com a atividade.

Se quiser ter uma noção maior, peço que procure algum vídeo de pilotos de fórmula 1. Vai perceber que, quando eles estão correndo, a quase 300 KM/H, eles não podem se dar ao luxo de pensar. A passagem entre marchas, entrada nas curvas, o momento de acelerar e frear, são feitos de forma automática.

Para nós traders, esse estado pode ser resumido em olhar o gráfico (ou fluxo) e agir, independente dos outros players, de notícias, ou do que está ocorrendo ao nosso redor, pois nossa mente já esta processando isso tudo de forma automática. Nesse estado, conseguimos ver e fazer operações que normalmente não conseguiríamos enxergar ou fazer.

Tá, esse papo estranho aí me chamou a atenção… É possível que eu entre nesse “estado” quando quiser?

SIM! Mas para isso, é necessário, treino, mais treino, um pouco mais de treino, e no final de tudo, treino em dobro.

Não pense que é uma transformação em super traderjin que vai fazer você chegar nesse nível. Ou seja, quer entender o que o mercado está fazendo? Pode começar a dedicar algumas horas a mais para seus estudos, à prática e a execução.

A disciplina aqui é imprescindível!

 –

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem tem curtido nossas publicações, convido vocês a conhecerem um blog irreverente e descontraído de um cara Top! Acessem lá: Blog do Magrelow Trader

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Lidando com o sofrimento

Por que hesitamos?!

Aprendendo a usar o Stop

Riscos e Retorno

Que tipo de trader eu sou?!

 

The following two tabs change content below.

Herick Borges

Trader Autonomo
Trader autônomo e investidor na bolsa desde 2011. Coach formado pela Sociedade Latino Americana de Coach e autodidata em assuntos relacionados a finanças pessoais, investimentos, economia e um grande entusiasta em psicologia comportamental e de alta performance voltada ao Mercado Financeiro.

Latest posts by Herick Borges (see all)