Para ser sincero, antes de me dedicar totalmente ao mercado financeiro, eu jurava que me conhecia por completo. Me achava “O Cara”, que no trabalho que eu tinha, ninguém era melhor do que euQuanta besteira e imaturidade da minha parte! O mercado,assim como algumas pessoas que eu encontrei nessa jornada em busca do autoconhecimento, me fizeram começar a me ver de uma nova perspectiva,

Erros de Principiante

Já abordei esse assunto sobre autoconhecimento em outros posts aqui do blog (como eu escrevi NESSE POST e NESSE AQUI TAMBÉM ) mas sempre de forma indireta. No post de hoje eu quero ser mais objetivo.

Quando começamos no mercado, assim como em qualquer projeto que nós escolhemos, chegamos com muitos sonhos, muitas aspirações e entusiasmo. Geralmente, ignoramos as coisas ruins que podem nos acontecer, quando estamos apaixonados pelo mercado. (Sim, no inicio, tudo são flores...)

Nesse inicio apaixonante, deixamos de lado coisas como disciplina, gerenciamento de risco, operacional, controle emocional, metas e objetivos (Principalmente quando estamos na Conta Demo e dizemos coisas do tipo: Isso eu não faria na real!).

Literalmente, ficamos cegos aos “perigos” do mercado, por mais que sejamos avisados, seja pelos mais experientes, ou pelas pessoas de fora.

Nesse estágio é muito comum cometermos erros, dos mais simples aos mais pesados, e mais comum ainda ignorarmos eles, não tirarmos as lições necessárias. Com isso, esse “erro de principiante” acaba se tornando erro frequente, até se tornar parte de você.

Se conheceres a ti mesmo…

Para quem já leu A arte da Guerra conhece o dizer (mesmo quem não leu, conhece esse dizer):

Autoconhecimento

E eu te pergunto, o quanto você se conhece em profundidade? Conheço poucas pessoas que conseguiriam me responder essa pergunta de forma verdadeira.

Essa é uma busca constante que somente quem está atento consegue ver o caminho. Não adianta você querer aprender tudo sobre o mercado, ler todos os livros e saber todas técnicas, se você não conhece a você mesmo em profundidade.

Nós não temos controle sobre tudo o que acontece conosco, nem do que poderá acontecer, porém a única coisa que podemos controlar são nossas reações a tudo a nossa volta.

Se não soubermos o que nos afeta, de forma positiva ou negativa, sempre reagiremos mal, tomaremos as piores decisões e realizaremos as piores ações possíveis…

Quer um exemplo? Você acabou de tomar um stop cheio e foi contemplado com uma grande violinada (o preço pegou seu stop e foi ao seu favor em seguida), o que você sente? Raiva? Ódio? Vontade de colar um soco na tela do PC? E o que você faz? Entra novamente na operação, totalmente guiado pela emoção e acha que agora vai… e não vai… toma outro stop cheio em seguida…

Em nenhum momento, parou-se para perguntar o por que de entrar de novo. Em nenhum momento você se perguntou por que sentiu raiva/ódio. Em nenhum momento parou para pensar como aquilo te afetou. Em nenhum momento, resolveu pisar no freio e desacelerar para ver as coisas de um cenário maior… Tudo isso, por que você não se conhece.

Quais são seus valores?!

Resultado de imagem para valores pessoais

Uma coisa que me ajudou muito a me enxergar melhor ( além de entender mais sobre minhas crenças limitantes e autossabotagem) foi eu descobrir quais são meus Valores Pessoais.

Esses valores podem mudar com o tempo, com o passar da idade e das prioridades na sua vida, porém eles nunca te abandonam.

Esses Valores Pessoais, te ajudam a entender o por que de você tomar certas atitudes, te ajudam a identificar o que te afeta de forma negativa e te mostram como você vê a vida de um modo geral.

Cada pessoa tem um conjunto de valores diferentes, e mesmo pessoas com valores iguais, possuem prioridades (uma hierarquização de valores) diferentes. Por exemplo, duas pessoas tem como valores Segurança e Liberdade, e a primeira tem prioridade por Liberdade, de forma geral ela vai se sentir mais a vontade fazendo as coisas que ela gosta, no seu tempo. Já a segunda, tem prioridade por segurança, então vai ter um comportamento mais comedido em relação a algum risco, mesmo que afete sua liberdade em algum momento.

Obviamente, não é uma regra, pois nós não somos padronizados. Não daria pra eu me aprofundar muito, por que as ramificações são gigantes!

OK, OK… Como essa bagaça me ajuda?!

Quando eu descobri quais eram meus valores e sua respectiva ordem, eu percebi que muita coisa que acontece na minha vida tem relação direta a eles.

Um dos meus valores é Disciplina, ou seja eu dou prioridade a certas coisas como rotina,organização, ordem… Ou seja, eu não vou abrir uma operação caso alguma coisa esteja “fora de lugar”. Ou eu entro no ponto que eu determinei ou não entro. Não invento moda, nem entro no meio do caminho…

Quando você se conhece nesse nível, você começa a identificar as coisas dentro de você que tiram sua concentração do mercado, que podem fazer você fazer “coisas sem pensar” assim como descobre seus verdadeiros pontos fortes e como eles se relacionam.

Você ganha superpoderes! Você desenvolve um porto seguro em você mesmo e com isso, consegue identificar o comportamento do mercado. Você se torna a referência de você mesmo!

Olhe no espelho, e ao invés de tirar uma selfie, pergunte-se: QUEM SOU EU DE VERDADE?

autoconhecimento

Autoconhecimento é seu novo supoer poder!

Curtiu o post? Deixa ai nos comentários se já aconteceu algo assim com você durante as suas operações!

Antes que eue squeça, não deixe de se cadastrar para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem tem curtido nossas publicações, convido vocês a conhecerem um blog irreverente e descontraído de um cara Top! Acessem lá: Blog do Magrelow Trader

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Esvaziando a mente

Sindrome do Circuito fechado

Entendendo o Instinto

Funcionamento da nossa mente

Lidando com o sofrimento

Por que hesitamos?!

 

The following two tabs change content below.

Herick Borges

Trader Autonomo
Trader autônomo e investidor na bolsa desde 2011. Coach formado pela Sociedade Latino Americana de Coach e autodidata em assuntos relacionados a finanças pessoais, investimentos, economia e um grande entusiasta em psicologia comportamental e de alta performance voltada ao Mercado Financeiro.

Latest posts by Herick Borges (see all)