O post de hoje foi inspirado em uma conversa que eu tive com meu amigo e leitor do blog João Paulo. Então, no post de hoje vamos falar sobre gerenciamento…

Um assunto un tanto quanto polêmico… Mais polêmico do que mamilos! Já estava devendo um post desse a muito tempo!

Antes de mais nada, bora planejar?!

Resultado de imagem para planejamento

Antes de mais nada, antes de abrir a plataforma para operar, é NECESSÁRIO (e pode pôr mais enfase aqui) ter um planejamento para se operar.

Existem várias formas de se fazer isso e você encontra isso aos montes na internet. Minha intenção aqui, não é mostrar “a melhor forma de fazer isso“, até por que é uma coisa muito pessoal.

Existe uma estrutura mínima para que se faça um bom planejamento, e nada te impede de melhorá-lo no futuro. De forma simples responda as seguintes perguntas:

  • Quanto do meu capital total estou disposto a arriscar?
  • Quanto de perda (financeira) máxima eu consigo aguentar por dia?
  • Quantas operações estou disposto a fazer no dia?
  • Qual a minha meta?
  • Qual ativo eu vou Operar?
  • Quantos contratos/lotes de ação eu vou operar?

Respondendo essas perguntas, você já vai ver que terá um planejamento a seguir durante as operações.

Mas, pra que eu preciso disso? Então, você vai descobrir ao longo do post.

Planejamento é diferente de gerenciamento.

Uma frase muito comum no mercado é “Plan the trade. Trade the plan” (Planeje o trade. Trade o plano). Porém, um erro muito comum é não seguir o planejamento.

Seria por falta de disciplina? Também. Mas o principal é a falta de noção entre planejamento e gerenciamento.

Planejar uma operação no mercado, é fácil. É a parte mais fácil de todas na verdade. Fácil por que não precisa estar de cara para um gráfico para fazer isso.

Gerenciar o plano, aí é onde o bicho pega. Por que ali, na hora do mercado, milhões de coisas estão acontecendo: sua tela está piscando, dinheiro se movimentando, emoções surgindo, telefone tocando, cachorro latindo, gol da Alemanha…

Gerenciar requer mais frieza do que planejar. E é aí que muitos falham.

Muitos não conseguem gerenciar as próprias emoções e por conta disso, fogem completamente do que planejaram de forma racional… E o resultado, já sabem…

Resultado de imagem para gerenciamento

Para entender melhor…

Vocês lembra dos dois posts sobre METAS que eu fiz aqui no blog a um tempo atrás? Então, no segundo post, eu mostrei uma tabela com possibilidades e probabilidades de cenários.

Em um outro post sobre APRENDENDO A USAR O STOP, eu mostrei algumas coisas que ocorrem na nossa mente ao levar o stop.

Então a partir de agora, eu vou “demonstrar” um pouco do que pode acontecer com a cabeça de um trader, utilizando os dois conceitos mostrados nesses posts anteriores.

Analisando os cenários possíveis

Para ficar mais claro, utilizaremos um exemplo, imaginando aqui um planejamento simples, baseado nas perguntas lá do início do post.

Nosso gerenciamento vai ser o seguinte:

  • Nosso capital inicial vai ser de 10% do total
  • O limite máximo de perda vai ser 60 reais por dia
  • Farei 3 operações por dia no máximo
  • Meta de 100 reais por dia
  • Ativo escolhido foi o WIN
  • Quantidade de contratos 1
Mapeando os cenários:

Então vamos utilizar matemática básica aqui:

Vou operar 1 contrato do Mini índice, ou seja cada ponto equivale a R$ 0,20

Meu limite máximo de perda vai ser de 300 pts (60/0,2)

Farei 3 operações por dia (Stop de 100 pts: 300 pts/3 operações)

Meta de 500 pts (100/ 0,2)

Logo, meus cenários possíveis serão:

Operação 1 Operação 2 Operação 3
PERDA PERDA PERDA
PERDA PERDA GANHO
PERDA GANHO PERDA
PERDA GANHO GANHO
GANHO PERDA PERDA
GANHO PERDA GANHO
GANHO GANHO PERDA
GANHO GANHO GANHO

Existem outros fatores que irão impactar esses resultados, mas para não complicar (mais ainda), vou tratar como probabilidades simples.

99% de razão, mas aquele 1%…

Tudo o que escrevi acima, é uma forma totalmente racional de analisar as possibilidades e probabilidades dos cenários possíveis para o seu dia a dia no mercado, utilizando o gerenciamento que dei de exemplo.

MAS sempre falta uma coisa, que muitos não consideram (na verdade, ignoram) é o gerenciamento emocional. Já abordei ele em outro post sobre FUNCIONAMENTO DA NOSSA MENTE, então não vou entrar muito em detalhes.

Então, mesmo sabendo das possibilidades de cenários, você começa o dia e toma um loss. Sua cabeça já pira logo cedo, por que você começa o dia perdendo dinheiro.

Mas esquece que está dentro do seu cenário de possibilidades, e a partir daí começa a fazer besteira no mercado. Entra onde não deve, faz trade que não existe… Deixa de gerenciar o plano que você traçou friamente!

O mesmo vale para o cenário em que você começa ganhando. Pode ocorrer de você ficar com excesso de confiança e fazer besteira  depois.

O que de fato vai influenciar aquelas possibilidades listadas, dentro do seu planejamento, será sua capacidade de gerenciar o seu emocional, para que ele não afete sua tomada de decisão e sua capacidade de gerenciar seu risco e seu financeiro.

Fazendo seu planejamento de forma correta, identificando as possibilidades e gerenciando seus riscos, financeiro e principalmente suas emoções, você consegue encontrar as melhores oportunidades no mercado, independente da técnica.

Aplicando corretamente, consegue diminuir seus valores de perda máxima, aumentar suas metas e sua quantidade de dinheiro aplicado ao risco.

Mas tudo isso só é possível, se você se empenhar e ter a disciplina de seguir o planejamento através do seu gerenciamento.

E não adianta tentar quebrar, burlar e mentir. Você não tem chefe pra culpar. Ninguém impõe isso a você. Se você for negligente, estará sendo negligente a você mesmo.

Resultado de imagem para trader bolsa de valores

Antes que eu esqueça, não deixe de se cadastrar para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem tem curtido nossas publicações, convido vocês a conhecerem um blog irreverente e descontraído de um cara Top! Acessem lá: Blog do Magrelow Trader

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Minha visão sobre o Trader

Espero que eu possa te ajudar

Um breve guia para iniciantes

Corra para o lado oposto!

Problema de Narrativa

Falácia de Ida e volta

 

 

 

The following two tabs change content below.

Herick Borges

Trader Autonomo
Trader autônomo e investidor na bolsa desde 2011. Coach formado pela Sociedade Latino Americana de Coach e autodidata em assuntos relacionados a finanças pessoais, investimentos, economia e um grande entusiasta em psicologia comportamental e de alta performance voltada ao Mercado Financeiro.

Latest posts by Herick Borges (see all)