Todos nós temos medo de alguma coisa. Seja de altura, de algum animal ou até de uma situação. O que nos diferencia é a resposta para a pergunta: Como estou lidando com o medo?

 

Resultado de imagem para medo

 

Medo? Quem nunca…

Esse sentimento está enraizado na nossa mente e não tem como fugir. Até por que, se não fosse pelo medo dos nossos antepassados, não estariamos aqui hoje.

O medo não está enraizado em nós sem um motivo. Ele serve para nos alertar de perigos, reais ou imaginários, e ativar nossa defesa.

Quando sentimos medo (ou ameaçados), nosso cérebro entra em modo de fugir ou lutar, como eu já expliquei no Post sobre FRUSTRAÇÃO E ESTRESSE.

Ele ativa certas regiões do nosso cérebro que nos colocam em uma “visão de túnel“, impedindo que vejamos outras coisas ao redor.

Se há uma ameaça real, como por exemplo algo contra nossa vida, nosso corpo desvia energia para os músculos inferiores e superiores para que possamos nos defender ou fugir da ameaça.

Quando essa ameaça é imaginária, como por exemplo estar “preso” em alguma situação, nosso cérebro começa a ficar dentro de um CIRCUITO FECHADO, e dependendo da intensidade, ativar aquele MODO DE AUTODESTRUIÇÃO

 

Grandes decisões, grandes medos

Resultado de imagem para medo

Nós como seres racionais (em geral, na menor parte do tempo possível) criamos HÁBITOS E ROTINAS, afim de manter o controle do ambiente a nossa volta. Somos dominadores por excelência.

Sendo assim, é completamente normal criamos zonas de conforto com algo que nós fazemos repetidamente. Um bom exemplo é observar alguém que trabalha em alguma empresa privada.

Quando trabalhamos, criamos uma rotina, desde de o horário de sair de casa e qual condução pegar para chegar, até em como vai ser nosso dia na empresa, por exemplo.

E se algum imprevisto acontecer no meio do percurso – Um engarrafamento ou um erro cometido durante o trabalho – nos gera uma sentimento de medo, que logo se transforma em stress.

Pode ser um medo de algum julgamento ou medo de perder o emprego, que acabam gerando esse stress e com isso, seu dia vai ficando horrível. Um dia bom é um dia sem imprevistos, certo?!

Porém, quando tomamos a atitude racional de sair da nossa zona de conforto e fazer algo diferente do habitual, nosso inconsciente sente medo. E quanto maior for essa decisão, maior é o medo que sentimos.

Eu, por exemplo, depois que fui convidado a me retirar da empresa onde trabalhava, tomei a decisão de me tornar um Trader e viver do mercado. No início, a cada loss que tomava, a cada dia que fechava no prejuízo, eu sentia medo de não conseguir.

E essa não é a melhor sensação do mundo…

 

O Bicho Papão dos Traders

Resultado de imagem para medoMuitos Traders abandonam outras profissões e carreiras para poder se dedicar por completo ao mercado. No geral, quem fica em cima do muro não vai muito longe.

E quando mergulhamos de cabeça no mercado, e abandonamos nossa zona de conforto, sentimos muito, mas muito medo! (mais medo do que sentimos quando a barata começa a voar!)

Temos medo de não dar certo no mercado, medo de quebrar a conta, medo de não sermos capazes de fazer grandes coisas… Isso é comum.

Na verdade, esse “medo de falhar” serve como um sinal, para que você se planeje para o pior cenário possível (e imaginável por você). Essa sensação te leva a pensar na situação mais crítica e se preparar para ela.

Note: “Se preparar para ela”. Não quer dizer que é para “Focar” nela.

Ninguém quer quebrar uma conta, isso é fato. Logo é importante ter um plano afim de evitar que isso aconteça e depois de pronto, focar no que importa: Em fazer dar certo!

 

Vamos aprender a conviver com o Medo?!

Não adianta, você não vai se livrar dele. Nunca. Jamais.

Então o que deve ser feito, é aprender a lidar com o medo, de forma racional. Lembre-se que ele gera informações (úteis, se prestar a devida atenção) para você.

Não adianta se deixar levar por ele, sem questionar as coisas. Muitas vezes, criamos histórias na nossa cabeça e nos apegamos a elas, que esquecemos a realidade a nossa volta.

As vezes nos prendemos tanto a um dia, ou semana ruim, que esquecemos que viemos de uma sequencia de ganhos absurda. E nos deixamos levar pelo “medo de falhar”.

E advinha o que acontece?! Exatamente o que você pensou…

Em outros posts eu já mostrei como LIDAR COM OS ERROS e COMO LIDAR COM AS PERDAS.Mostrei que é normal isso ocorrer. O problema começa quando deixamos ser dominados e levados à AUTOSSABOTAGEM

Então, depois de ler esse post, qual vai ser a sua resposta a pergunta do início do post? Quero que você me responda…

Imagem relacionada

Antes que eu esqueça, não deixe de se cadastrar para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem tem curtido nossas publicações, convido vocês a conhecerem um blog irreverente e descontraído de um cara Top! Acessem lá: Blog do Magrelow Trader

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Se tornando Antifrágil

Modo de Autodestruição

Mantenha-se no Ritmo

Ciclos de Mudanças

A pressa é inimiga da Consistência

Outras fontes de aprendizado

Vamos falar de Gerenciamento…

 

The following two tabs change content below.

Herick Borges

Trader Autonomo
Trader autônomo e investidor na bolsa desde 2011. Coach formado pela Sociedade Latino Americana de Coach e autodidata em assuntos relacionados a finanças pessoais, investimentos, economia e um grande entusiasta em psicologia comportamental e de alta performance voltada ao Mercado Financeiro.

Latest posts by Herick Borges (see all)