Select Page

A disciplina de um trader é o fator determinante para seu sucesso (entenda como sobrevivência) no mercado financeiro. O mercado é eficiente em jogar os que não são para fora e manter sempre os mais aptos a continuar. Então, nesse post, iremos nos aprofundar um pouco mais em Disciplina!

Imagem relacionada

 

Como eu posso ser mais disciplinado?!

Pois bem! Isso não é uma coisa que vem do dia para a noite. Não é algo que você compra numa loja na sua esquina ou se aprende fazendo o curso de algum outro cara do mercado.

Assim como a autoconfiança (e a CONSISTÊNCIA), a disciplina deve ser construída, tijolo por tijolo. Ou seja, um dia de cada vez

Muita gente tem dificuldades nisso, pois somos adestrados a receber ordens de um nível hierárquico maior, e executá-las sem questionar muito. Porém, quando vamos para o mercado, as decisões são tomadas por nós, e é de nossa total responsabilidade.

Sendo assim, tomar uma decisão torna-se um fardo, afetando diretamente nossa disciplina, por que quanto mais tomamos decisões que não tem os resultados que esperamos, mais tendemos a buscar algo diferente, e isso nos prejudica ainda mais, tornando tudo um ciclo vicioso.

 

Uma questão de hábito

Como já foi falado aqui no blog, nós criamos HÁBITOS E ROTINA, para ajudar a controlar o mundo ao nosso redor.

E quando se cria uma rotina de práticas e analises, você desenvolve mais rápido sua disciplina.

Quando você pratica o que aprendeu, seu cérebro guarda aquela informação, criando uma conexão neural (ou sinapses) e quanto mais você repetir, mais rápido essa conexão fica.

Quando você analisa os resultados das suas práticas, seu cérebro armazena o que  é bom (as atitudes que te levaram a acertar) e o que é ruim (as atitudes que te levaram a errar). A partir dessas informações, seu cérebro vai buscar o prazer de ter acertado com mais frequência, evitando os erros.

Porém, não podemos ignorar nossos erros, pois sem eles não haveriam aprendizado. Então, eles vão servir de mais material de estudo. Nossos erros são a base da nossa evolução.

É importante ter um Diário de Trade para se anotar essas experiências. Se não tem um, toma vergonha na cara e crie um simples no seu excel!*

* Vou fazer um post sobre o Diário de Trading e vou mostrar o meu modelo. Eu o fiz para atender as minhas necessidades, então pode servir como base para você montar o seu

Uma questão de escolha

Outro ponto importante é saber seguir seu plano, sua estratégia… Muitos traçam planos de trading, aprendem uma estratégia mas não seguem como deveriam, seja por medo, falta de confiança (no operacional ou em si mesmo) ou por falta de controle emocional.

Quando não seguimos um plano traçado por nós (como dito no começo, a tomada de decisão torna-se um fardo) nós ESCOLHEMOS a indisciplina. Sim, isso mesmo, escolhemos.

Nos deixamos levar pelos sentimentos do mercado (raiva, estresse, ansiedade…) e escolhemos sair do plano, que foi traçado quando você estava em seu modo mais racional possível.

Quando tomamos um loss, e queremos “recuperar” o prejuízo, estamos fazendo uma escolha de sermos indisciplinados, pois queremos nos vingar do mercado, vendo operação fora da estratégia, em um lugar nada a ver…

Então, a disciplina torna-se uma escolha. E deve ser feita de forma racional. Para ajudar, veja esse post sobre As REGRAS DA ATIVIDADE DÍFICIL.

 

Uma questão de repetição

Resultado de imagem para disciplina

Muitos, quando erram uma pequena quantidade de vezes e já querem mudar de operacional, mudar a estratégia, aprender coisas novas, sem de fato ter aprendido as antigas.

Disciplina necessita de resiliência e repetição. Ela é moldada a partir dos erros cometidos e da capacidade de se manter focado.

Isso quer dizer que a cada erro cometido, analisado e que se tenha aprendido alguma lição,você se torna mais disciplinado, se mantendo fiel a sua estratégia.

E não estou falando de algo de um ou dois meses não… Estou falando em praticar por alguns anos.

Quanto mais se pratica e se repete, mais fácil se nota qualquer detalhe. Não adianta querer fazer curso com alguém que está a 10 anos no mercado, e achar que com 6 meses de estudo você vai estar no mesmo nível do que o professor… Você não vai estar nem perto…

Portanto, permita-se a um tempo de maturação. Crie raízes no que você está fazendo. No começo do aprendizado, tudo é difícil, mas com o tempo os obstáculos vão ficando menores. (Isso, claro se você aprender com os erros).

 

Vazio (Ensō)

Resultado de imagem para ensõ

Simbolo do Ensō

Esse é um termo que eu gosto muito. Eu fui apresentado a ele ao ler um livro chamado O livro dos cinco anéis, de Myamoto Musashi.

Nesse conceito de “vazio” ele aborda como se fosse na verdade, a soma de tudo. Ou seja, tudo o que você aprendeu, leu, praticou, viu, ouviu e por aí vai.

Quando estamos nesse nível, nossa mente não se preocupa em pensar na técnica, você age.

Nesse estado “vazio” você reage de forma automática as coisas, sem parar para pensar muito, pois sua mente está processando tudo muito rápido. Por isso, alguns traders mais experientes conseguem ver aberturas no mercado que os iniciantes não conseguem.

Você já praticou tanto que as suas conexões entre o que você vê no gráfico, o que você sabe e qual decisão tomar, é tomada em um instante que quando percebe, já está posicionado. E a análise do gráfico, vem logo depois, só para poder confirmar.

Não confunda isso com estado de fluxo. Aqui (no “vazio“) você está de forma racional. Pense que esse estado é um nivel acima do se manter racional, enquanto no estado de fluxo, todo o conjunto (emocional e racional) estão em harmonia e você realiza suas tarefas meio que sem perceber.

Então, pratique muito, mas muito mesmo. Estude muito. Ganhe tempo de tela primeiro e depois aprenda as teorias. Assim, você vai construindo sua disciplina, que te leva a consistência.

 

The following two tabs change content below.

Herick Borges

Trader Autonomo
Trader autônomo e investidor na bolsa desde 2011. Coach formado pela Sociedade Latino Americana de Coach e autodidata em assuntos relacionados a finanças pessoais, investimentos, economia e um grande entusiasta em psicologia comportamental e de alta performance voltada ao Mercado Financeiro.