No post de hoje, quero mostrar a importância de se estar arriscando a própria pele no mercado, e o quanto isso é importante para sua evolução como trader.

 

 

 

Colocando o seu na reta!

 

Resultado de imagem para arriscando a propria pele

 

Como já disse aqui no blog antes, nós seres humanos temos o incrível super poder de nos virar diante de qualquer situação adversa.

E toda nossa cadeia de pensamento muda quando o “nosso ta na reta“, ou seja, quando assumimos os riscos de alguma coisa, nossa mente se adapta àquele novo cenário.

Isso vale desde os primórdios até hoje. Antes, literalmente arriscávamos nossas vidas, assumindo o risco de morte caso tomássemos a decisão errada. Hoje, não precisamos chegar a esse extremo, porém em alguns casos podemos arriscar outras coisas intangíveis (carreira, prestígio, honra, e por aí vai…)

Quando nos arriscamos, nós temos por obrigação, fazer o nosso melhor, independente da situação. Temos que nos adaptar e obter os melhores resultados possíveis.

De forma automática, nos colocamos em um nível de cobrança muito maior, pois entramos em modo de “Se der deu, se não der…” (praticamente em modo de sobrevivência)

 

 

 

Se tornando melhor por assumir riscos

 

Quando entramos nesse modo de “sobrevivência“, nós damos real importância a atividade que estamos executando. Nosso cérebro entende que aquilo é vital, e todo o foco e energia se desvia para aquela atividade, todas as sinapses e conexões de informação são destinadas para auxiliar na execução

Com toda essa energia, mantida em foco, você começa a “ver” as coisas de forma diferente. Dando a importância que deve ter. Por isso que há uma enorme diferença entre o Trader que somente tira dinheiro do mercado para sobreviver e o Trader de meio expediente (que opera e trabalha formalmente).

Os gregos aplicavam essa “regra” aos engenheiros, forçando-os a morar durante um período embaixo das pontes que eles mesmos projetaram e construíram. Tanto os engenheiros quanto suas famílias. Então, imagina a responsabilidade de se fazer um bom trabalho…

 

 

 

Não confie em quem não se arrisca

 

Nesse mundo que é a bolsa de valores, existem pessoas que se arriscam (nós traders, por exemplo) e pessoas que não se arriscam (analistas, jornalistas, entre outros).

Como mencionei acima, quem se arrisca de verdade, tem um pensamento diferente de quem não se arrisca. Para quem esta na linha de frente, existirão consequências reais (perda de dinheiro, por exemplo) enquanto para quem não se arrisca e somente “dá ordens” não existe consequência.

O que ocorre é uma transferência de fragilidade, ou seja, quem não se arrisca fica com todos os bônus e sem consequência nenhuma ou quase zero, deixando essa consequência para outra pessoa ou grupo.

Por exemplo, um analista pode passar um “call” de uma operação, porém ele mesmo não a executa, colocando o dinheiro dele na mesa. Se der certo, ele fica com o mérito de ser um “ótimo analista manjador dos paranauês“. Se der errado… “O mercado não respeitou, acontece, vamos pra próxima

Você pode até argumentar que “é contra a lei“, pois a CVM não permite. E eu digo que esse é mais um motivo para não confiar…

Nunca confie em alguém que não está lutando ao seu lado.

 

 

 

Esse post foi inspirado em um capitulo do livro Antifrágil, do autor Nassim Nicholas Taleb. Livro que recomendo fortemente a leitura!

Já fiz outros posts baseados nesse livro e, lendo todos, é possível entender o conceito central do livro, como um resumo em posts separados:

Aprendizado pela Via Negativa

Intensidade ou Repetição

A Falácia da Taxa média de acerto

Opcionalidade e Pressão

Exposição ao Risco

Aluno bom e Bom aluno

Cometendo Iatrogenia no Trading

Aprenda a ser Ignorante

Se tornando Antifrágil

 

Curtiu o post?! Então deixa aí nos comentários o que achou! E não esqueça de compartilhar ele com outros traders para que a gente possa ajudar mais gente nesse mercado!

Antes que eu esqueça, NÃO DEIXE DE SE CADASTRAR para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem usa o Instagram, só me seguir lá no @herick.borges.14

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Trader e os Boxeadores

Processo de evolução de uma criança

As vantagens de ser um Trader Solitário

Lembre-se de quem você é

Você não é especial

Entendendo os seus resultados

 

 

The following two tabs change content below.

Herick Borges

Trader Autonomo
Trader autônomo e investidor na bolsa desde 2011. Coach formado pela Sociedade Latino Americana de Coach e autodidata em assuntos relacionados a finanças pessoais, investimentos, economia e um grande entusiasta em psicologia comportamental e de alta performance voltada ao Mercado Financeiro.

Latest posts by Herick Borges (see all)