Uma coisa que sempre foi muito forte em mim, foi o respeito a quem tem mais experiência que eu. E sempre gostei de estar aprendendo através do exemplo dado por essas pessoas. No post de hoje, quero falar um pouco sobre isso.

 

 

Walk the Talk

 

Amém!♡Essa é uma expressão em inglês, que significa “Fazer o que fala“. Essa expressão é usada para que você tenha base para poder falar de algum assunto, para que você possa sustentar seu argumento com exemplos práticos, ao invés de somente “falar” (teorizar) a respeito de algum assunto.

Ou seja, caso você aconselhe alguém a fazer alguma coisa, que você somente diga algo que você de fato faria ou que viveu, e não o “correto” que você não pratica.

 

Essa expressão é o oposto do “Faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço“.

Quando você assume a responsabilidade pelas suas ações, é de extrema importância que você tenha base para sustentar suas ações, através da experiência adquirida com seus próprios erros e acertos ao longo da sua caminhada.

Não adianta de nada você “se mostrar” para alguém de uma forma, e quando ninguém está vendo, você “age” de outra.

E olha, no mercado, existe muita gente aí que fala muito e pratica pouco (ou nada) do que fala.

 

 

Seja o exemplo para os outro

 

Um bom exemplo é o melhor sermão. — Benjamin Franklin

 

Não adianta, por mais que você não queira, acaba se tornando referência para alguém, de algum modo. Talvez até, alguma pessoa esteja nesse momento se inspirando em você!

Logo, é muito importante manter a retidão no seu caminho. Muitas culturas, desde épocas muito antigas, falam sobre isso, de formas diferentes (tratando como honra e prestígio, muita das vezes).

Temos exemplos que vão desde samurais à mafiosos italianos, ao melhor estilo O Poderoso Chefão. Pessoas que agem de acordo com o que falam e cumprem suas promessas (mesmo que lhe custasse a vida!)

Costumo dizer que se você não honra um compromisso com você mesmo, você nunca o fará com ninguém.

Mesmo em coisas simples, como por exemplo, prometer não comer doce durante um dia inteiro, e no meio do dia você o faz, você passa uma mensagem muito errada, não só para as pessoas ao seu redor, mas também para seu cérebro.

Pois ele entende que o que você fala, não deve ser levado a sério, e com isso você se AUTOSSABOTA, quebrando sua promessa. Assim, você se sente impotente diante de situações onde precisa ser firme e agir sem hesitar, pois vai pensar em uma coisa e agir de outra.

Percebe como algo simples, tem um efeito enorme?!

 

 

 

Cuidado com quem diz que sabe o que é melhor pra você

 

Espero que tenha ficado claro o meu posicionamento a respeito das ações das pessoas, principalmente no mercado,Resultado de imagem para walk the talk certo? Então, posso começar uma pequena treta aqui…

O que eu vejo muito, são outros traders que FALAM muito bem sobre disciplina, sobre gerenciamento de risco, que fazem cálculos e mais cálculos sobre Risco/Retorno… Dão aula!

E, convivendo tempo o bastante no meio deles e observando, o que eu mais percebo é: OS MESMOS QUE “FALAM” SOBRE DISCIPLINA, GERENCIAMENTO DE RISCO E CONTROLE EMOCIONAL, SÃO OS QUE MAIS QUEBRAM AS PRÓPRIAS REGRAS!

Sim! São os que tem seus “Dias de fúria” (odeio esse termo, prefiro Dia que fui Idiota), são os que fazem operações a mais do que deveriam, são os que rasgam o gerenciamento de risco durante o pregão, que se estressam, que são ansiosos…

E no dia seguinte, querem pagar de defensores da disciplina. O que pra mim não tem moral alguma. É o mesmo que um fumante dando conselhos sobre parar de fumar…

O que quero defender aqui é o FALE MENOS E FAÇA MAIS, compreende?!

Você não precisa “falar” sobre DISCIPLINA, você precisa ser disciplinado. Você não precisa “falar” sobre GERENCIAMENTO DE RISCO, mas seguir o seu plano. Você não precisa “falar” sobre CONTROLE EMOCIONAL, e sim precisa ser controlado.

Entende que você não precisa teorizar e que, ao invés disso, você precisa agir?!

Então que fique de lição, da próxima vez que alguém lhe disser que sabe o “que é melhor para você” ou algo do tipo, observe suas ações para ver se condizem com o discurso dado…

Se não for, já sabe!

#pas

 

 

Curtiu o post?! Então deixa aí nos comentários o que achou! E não esqueça de compartilhar ele com outros traders para que a gente possa ajudar mais gente nesse mercado!

Antes que eu esqueça, NÃO DEIXE DE SE CADASTRAR para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem usa o Instagram, só me seguir lá no @herick.borges.14

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Arriscando sua própria pele

Trader e os Boxeadores

Processo de evolução de uma criança

As vantagens de ser um Trader Solitário

Lembre-se de quem você é

Você não é especial

The following two tabs change content below.

Herick Borges

Trader Autonomo
Trader autônomo e investidor na bolsa desde 2011. Coach formado pela Sociedade Latino Americana de Coach e autodidata em assuntos relacionados a finanças pessoais, investimentos, economia e um grande entusiasta em psicologia comportamental e de alta performance voltada ao Mercado Financeiro.

Latest posts by Herick Borges (see all)