Ser Trader: Aprendendo através do exemplo

Uma coisa que sempre foi muito forte em mim, foi o respeito a quem tem mais experiência que eu. E sempre gostei de estar aprendendo através do exemplo dado por essas pessoas. No post de hoje, quero falar um pouco sobre isso.

 

 

Walk the Talk

 

Amém!♡Essa é uma expressão em inglês, que significa “Fazer o que fala“. Essa expressão é usada para que você tenha base para poder falar de algum assunto, para que você possa sustentar seu argumento com exemplos práticos, ao invés de somente “falar” (teorizar) a respeito de algum assunto.

Ou seja, caso você aconselhe alguém a fazer alguma coisa, que você somente diga algo que você de fato faria ou que viveu, e não o “correto” que você não pratica.

 

Essa expressão é o oposto do “Faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço“.

Quando você assume a responsabilidade pelas suas ações, é de extrema importância que você tenha base para sustentar suas ações, através da experiência adquirida com seus próprios erros e acertos ao longo da sua caminhada.

Não adianta de nada você “se mostrar” para alguém de uma forma, e quando ninguém está vendo, você “age” de outra.

E olha, no mercado, existe muita gente aí que fala muito e pratica pouco (ou nada) do que fala.

 

 

Seja o exemplo para os outro

 

Um bom exemplo é o melhor sermão. — Benjamin Franklin

 

Não adianta, por mais que você não queira, acaba se tornando referência para alguém, de algum modo. Talvez até, alguma pessoa esteja nesse momento se inspirando em você!

Logo, é muito importante manter a retidão no seu caminho. Muitas culturas, desde épocas muito antigas, falam sobre isso, de formas diferentes (tratando como honra e prestígio, muita das vezes).

Temos exemplos que vão desde samurais à mafiosos italianos, ao melhor estilo O Poderoso Chefão. Pessoas que agem de acordo com o que falam e cumprem suas promessas (mesmo que lhe custasse a vida!)

Costumo dizer que se você não honra um compromisso com você mesmo, você nunca o fará com ninguém.

Mesmo em coisas simples, como por exemplo, prometer não comer doce durante um dia inteiro, e no meio do dia você o faz, você passa uma mensagem muito errada, não só para as pessoas ao seu redor, mas também para seu cérebro.

Pois ele entende que o que você fala, não deve ser levado a sério, e com isso você se AUTOSSABOTA, quebrando sua promessa. Assim, você se sente impotente diante de situações onde precisa ser firme e agir sem hesitar, pois vai pensar em uma coisa e agir de outra.

Percebe como algo simples, tem um efeito enorme?!

 

 

 

Cuidado com quem diz que sabe o que é melhor pra você

 

Espero que tenha ficado claro o meu posicionamento a respeito das ações das pessoas, principalmente no mercado,Resultado de imagem para walk the talk certo? Então, posso começar uma pequena treta aqui…

O que eu vejo muito, são outros traders que FALAM muito bem sobre disciplina, sobre gerenciamento de risco, que fazem cálculos e mais cálculos sobre Risco/Retorno… Dão aula!

E, convivendo tempo o bastante no meio deles e observando, o que eu mais percebo é: OS MESMOS QUE “FALAM” SOBRE DISCIPLINA, GERENCIAMENTO DE RISCO E CONTROLE EMOCIONAL, SÃO OS QUE MAIS QUEBRAM AS PRÓPRIAS REGRAS!

Sim! São os que tem seus “Dias de fúria” (odeio esse termo, prefiro Dia que fui Idiota), são os que fazem operações a mais do que deveriam, são os que rasgam o gerenciamento de risco durante o pregão, que se estressam, que são ansiosos…

E no dia seguinte, querem pagar de defensores da disciplina. O que pra mim não tem moral alguma. É o mesmo que um fumante dando conselhos sobre parar de fumar…

O que quero defender aqui é o FALE MENOS E FAÇA MAIS, compreende?!

Você não precisa “falar” sobre DISCIPLINA, você precisa ser disciplinado. Você não precisa “falar” sobre GERENCIAMENTO DE RISCO, mas seguir o seu plano. Você não precisa “falar” sobre CONTROLE EMOCIONAL, e sim precisa ser controlado.

Entende que você não precisa teorizar e que, ao invés disso, você precisa agir?!

Então que fique de lição, da próxima vez que alguém lhe disser que sabe o “que é melhor para você” ou algo do tipo, observe suas ações para ver se condizem com o discurso dado…

Se não for, já sabe!

#pas

 

 

Curtiu o post?! Então deixa aí nos comentários o que achou! E não esqueça de compartilhar ele com outros traders para que a gente possa ajudar mais gente nesse mercado!

Antes que eu esqueça, NÃO DEIXE DE SE CADASTRAR para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem usa o Instagram, só me seguir lá no @herick.borges.14

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Arriscando sua própria pele

Trader e os Boxeadores

Processo de evolução de uma criança

As vantagens de ser um Trader Solitário

Lembre-se de quem você é

Você não é especial

Ser Trader: Trader e os Boxeadores

É incrível, como podemos comparar o mercado financeiro com tantas outras atividades não relacionadas. Aqui no blog eu já falei sobre POKER, FILMES E SÉRIES, e até com BEBÊS!

Agora eu quero comparar com o Boxe! Vamos ver o que tem em comum entre o Trader e os Boxeadores

 

 

 

 

Antes de tudo, vem a preparação!

 

Resultado de imagem para Boxeador treinando

 

Podemos não gostar de afirmar isso, mas nós Traders, querendo ou não, somos “atletas” no mercado financeiro. E como todo bom atleta, devemos estar bem preparados. Ter boas bases.

Assim como o boxeador, precisamos passar por toda essa fase de preparação antes de entrar no ringue pra valer. Temos que aprender a como socar, esquivar, ter bons reflexos, desenvolver algum INSTINTO… Criar uma boa base.

Todo excelente boxeador, dá total importância para sua base de preparação, pois é com ela que ele vai lidar com os adversários no ringue. E depois que se entra no ringue, não tem como voltar atrás.

 

 

 

Treino, treino e mais treino…

 

Entre uma luta e outra, o boxeador não deixa de continuar praticando. Ele se mantém disciplinado e segue as regras de treino e dieta.

Muitos, após o período de recuperação pós-combate, já iniciam seus treinos novamente mesmo sem luta nenhuma a vista. Somente para se manter afiado.

Como traders, não podemos nos descuidar também. Não podemos deixar de continuar os treinos “fora dos ringues“. Temos que continuar a nos aprimorar e evoluir.

Seja estudando com mais profundidade nossa própria técnica, seja nos conhecendo melhor, aprendendo mais sobre nosso psicológico… O que importa é estarmos em movimento de evolução.

 

 

Enfim, hora de entrar no ringue…

 

Como mostrado, antes de pisar no ringue, existe uma extensa preparação. Precisa de um tempo para estar pronto. Não é do dia para noite.

E ainda assim, leva um tempo para desafiar o campeão e tentar levar o cinturão. Então o fator tempo é extremamente necessário.

Quando se está no ringue, é quando todo o treinamento e preparação devem mostrar seu valor. Todo o controle emocional, estratégia e estudo do adversário devem estar alinhados para que se alcance a vitória.

Se manter calmo é fundamental, pois se ele se deixar levar pela raiva, pelo stress, pelas pessoas a sua volta, ele perde o controle da sua própria respiração, o que o desestabiliza de dentro pra fora.

Então imagina o quanto um boxeador deve se manter calmo, enquanto é acertado no rosto…

Há uma frase no boxe, atribuída ao Mike Tyson que diz: “Todo mundo tem um plano até tomar o primeiro soco na cara”.

É nesse momento, que se não tomar cuidado, a raiva toma conta e você age por impulso (qualquer semelhança com o primeiro loss e o seu “dia de fúria”, é mera coincidência… tem nada a ver…)

E uma coisa muito importante, que eu levo de lição pessoal, “Se for pra entrar no ringue, entre pra nocautear”. Se for entrar, tente derrubar com um soco, e não fique dando jabs no seu adversário, por que ele não vai ter pena de você…

 

Resultado de imagem para frases mike tyson

 

 

 

Tentei trazer um pouco das semelhanças entre os boxeadores e nós traders. Se eu desse continuidade, esse post ficaria enorme!

Espero que tenham gostado e deixem nos comentários, sugestões de temas e assuntos que podemos abordar aqui, para ajudar mais ainda a vocês

 

Bônus:

 

Curtiu o post?! Então deixa aí nos comentários o que achou! E não esqueça de compartilhar ele com outros traders para que a gente possa ajudar mais gente nesse mercado!

Antes que eu esqueça, NÃO DEIXE DE SE CADASTRAR para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem usa o Instagram, só me seguir lá no @herick.borges.14

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Processo de evolução de uma criança

As vantagens de ser um Trader Solitário

Lembre-se de quem você é

Você não é especial

Entendendo os seus resultados

Aprendizado pela Via Negativa

Iludido pelo que se vê

 

Ser Trader: Se tornando Antifrágil

Assim que acabei com a leitura de A Lógica do Cisne Negro, logo emendei a leitura em um outro livro, do mesmo autor, chamado Antigráfil. Como esse livro é gigante, vou trazer alguns posts sobre os pontos que achar interessante, e assim, a gente vai se tornando Antifrágil juntos!

 

Antes de mais nada, o que é Antifragil?!

Resultado de imagem para fragil, robusto e antifragil

Este conceito, criado pelo próprio autor do livro, expõe o seguinte: Existem três tipos de materiais no mundo: Os frágeis, os robustos/resilientes e os antifrágeis.

Os frágeis, como o próprio nome diz, não sustentam uma grande quantidade de pressão, se quebrando com bastante facilidade.

Os Robustos/Resilientes são materiais que, mesmo após intensa pressão, mantêm seu estado constante,sem sofrer alterações, ou caso as sofra, nada que desestabilize. (geralmente, esse é o que dizemos que é o contrário de frágil)

Já os Antifrágeis, são materiais que, mesmo após exposto a grandes pressões, não retornam a sua forma original, mas sim, voltam melhores do que eram no início. Se beneficiam dessas pressões;

 

Alguém já ouviu falar em Hormese?!

Hormese é um termo criado em 1888, para indicar que pequenas doses de substâncias que, originalmente são prejudiciais a saúde, acabam ajudando na melhora do corpo, tornando-o mais resistente.

Como por exemplo as vacinas, que usam o vírus de forma branda, para que seu próprio corpo, crie resistência e combata-o de forma ativa.

Ah, mas o que isso tem a ver com o mercado financeiro?!” Calma que eu já chego lá…

o que não mata fortalece

 

Agentes Estressores, sabe quem são?!

Pois bem, de forma direta, agentes estressores são toda e qualquer pertubação em um sistema em “equilíbrio”, seja ele de forma interna (de dentro do sistema para fora) quanto externo (de fora do sistema para dentro).

Por exemplo, um agente estressor externo pode ser o calor infernal, que realmente causa incomodo na maioria das pessoas (eu, inclusive) e com isso, mesmo de forma involuntária, acaba alterando seu humor ou rotina no dia.

Bem, eu precisava desses conceitos explicados para que facilitasse o entendimento desse e dos próximos posts… agora sim…

 

Agentes estressores do mercado financeiro…

Para nós Traders, o que mais temos são agentes estressores. Para qualquer lado que nós olharmos, lá esta algum evento que pode causar um impacto tremendo no nosso dia.

Pode ser uma noticia, um dado econômico, um evento mundial, a prisão de algum político, o governo… e até mesmo uma instituição financeira que naquele dia, por um acaso, resolveu operar mais pesado…

Enfim, temos a profissão mais hardcore do mundo. E isso estou falando de coisas externas que não podemos controlar.

No âmbito interno, temos como agentes nossa ansiedade, nervosismo, raiva, stress, frustração, alegria, euforia, autoconfiança entre outros.

Esses agentes internos, podem ser “dosados” através do nosso autoconhecimento, pois eles, mesmo sendo sentimentos bons, em excesso são prejudiciais a nossa vida no mercado.

 

A Hormese do Trader…

Como disse, a hormese consiste em pequenas doses de algo que é letal a nossa vida, para que criemos resistência a essa substância.

Para um trader, essas “doses de substâncias letais” são os sentimentos gerados pelas operações realizadas. A cada operação, geramos um sentimento diferente, baseado em um dos agentes estressores mencionados antes.

Esses agentes geram informações sobre nós mesmos e, em quase todos os casos, o que precisamos corrigir e o que precisamos continuar a fazer.

Sabendo a dose certa a ser aplicada, ficamos mais robustos/resilientes a cada operação, a cada dia no mercado. Se aplicarmos uma dose muito pequena, nada de mais acontece. Muito grande, “matamos o paciente”. Então, saber dosar, é fundamental para que a evolução ocorra.

Mas lembre-se que a hormese não te torna Antifrágil, mas sim Robusto/Resiliente. Você passará de um trader Frágil, para um trader mais resistente.

 

Se tornando Antifrágil

Resultado de imagem para antifragil

Como disse, o Antifrágil é aquele que volta melhor do que a sua forma inicial. Logo, para o Trader seria algo como após ter um grande loss, ou ter feito uma besteira no mercado, literalmente aprender com o erro e voltar renovado.

Mas não é somente olhar e dizer: “Ah, foi aqui que eu errei” e pronto. É ir além disso.

É reavaliar seu operacional, seu plano de trading, seu psicológico, estudar os replays de mercado, buscar mais  conhecimento e tudo o que ele precisa para operar novamente no mercado.

Um trader nesse nivel, sabe que ele é totalmente responsável pelo seu resultado, e com isso, deve melhorar constantemente, por isso, aprender com os erros (e principalmente com os erros dos outros) é um diferencial.

Isso o torna mais ágil em tomar decisões assertivas, evita hesitação e o faz chegar mais longe do que qualquer outro.

 

Grafite e Diamante

Resultado de imagem para grafite e diamante

Já que mencionei um pouco de biologia nesse post, nada mais justo que eu mencionar Química também!

O carbono puro é o elemento principal que compõe ambos, porém o que os diferem são justamente as condições as quais eles foram expostos.

Para se formar o grafite, as condições de temperatura e pressão (agentes estressores) precisam ser muito inferiores em relação ao diamante.Basicamente, um nível mínimo de pressão e temperatura razoáveis.

Para que se forme um diamante, o carbono deve suportar à pressão e temperaturas altíssimas, para que possa ser cristalizado. Como uma forma de hormese natural, absorvendo a pressão e a temperatura ao seu redor e usando em beneficio próprio.

Sendo dosado da forma certa, um elemento simples como o carbono, pode se tornar o grafite, que você usa para escrever e quebra com facilidade ou o diamante que você tem que trabalhar (E MUITO) para comprar e é  quase indestrutível… pensa nisso…

Como disse no começo do post, o Livro Antifrágil é gigante, então, um resumo dele deve demorar um pouco para pintar por aqui. Então resolvi escrever alguns posts enquanto leio, trazendo pontos que julgar importantes para nós Traders!

Antes que eu esqueça, não deixe de se cadastrar para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem tem curtido nossas publicações, convido vocês a conhecerem um blog irreverente e descontraído de um cara Top! Acessem lá: Blog do Magrelow Trader

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Modo de Autodestruição

Mantenha-se no Ritmo

Ciclos de Mudanças

A pressa é inimiga da Consistência

Outras fontes de aprendizado

Vamos falar de Gerenciamento…

Minha visão sobre o Trader

 

Ser Trader: Modo de autodestruição

Já mencionei algumas vezes a expressão Espiral da Morte aqui no blog, caso não tenham notado. No post de hoje, quero me aprofundar um pouco mais nesse Modo de autodestruição do trader, e  mostrar como ele se manifesta (e como evitar ficar preso)

Começando pelo começo…

Em um dia claro de verão, lá está você: Animado (a), alegre, super positivo (a), de bem com a vida… Vem de uma sequência de gains consecutivos (dias ou semanas). Para você está tudo ótimo! Nem sabe mais o que é um loss…

E de repente, vem o dia negativo… UM dia negativo na sua sequencia de dias positivos. Você nem se lembrava mais do “gosto” do loss.

E ele vem como uma bomba atômica, obliterando todos os outros resultados!

Achou que havia erradicado isso da sua vida! Que nunca mais o veria de novo, mas ja sabe né:

Resultado de imagem para achou errado gif

… E você começa a entrar na Espiral, sem perceber…

Resultado de imagem para espiral descendente

Ok, só um dia negativo, tá tudo bem“, você pensa. Até que vem o segundo, o terceiro e como diz aquela musica: “Aí vem o desespero, machucando o coração…

Na sua mente, você pensa: “Cara, eu sei fazer isso! O que tá acontecendo? Esse mercado ta louco!“. Na verdade, não está.

 

Por conta do desespero, pela angustia de querer ganhar (sempre), seu cérebro começa a te AUTOSSABOTAR.

Você se “acostumou a ganhar” e por conta disso, não aceita o prejuízo quando ele vem. Começa a aumentar a mão para recuperar, mas não consegue e só piora as coisas.

E por conta dessa falta de “habilidade” em lidar com o prejuízo (não seguindo CONSELHOS PARA LIDAR COM AS PERDAS), mesmo seguindo o gerenciamento de risco, continua fechando o dia negativo.

…Continua caindo, e caindo…

mad men amc GIF

Nesse momento em que você, por curiosidade resolve saber quanto dinheiro perdeu e vê o tamanho do prejuízo, você caí ainda mais na Espiral da Morte.

Bate aquele desespero do tipo: Como vou pagar as contas?! Essa sensação começa a causar FRUSTRAÇÃO E ESTRESSE, ou como gosto de dizer “quebra seu espírito

Isso causa a sensação de: “Eu sou burro(a) de mais! Olha, eu não consigo acertar nenhuma operação! Acho que esqueci como se opera!

Tudo isso altera seu MINDSET! E quando ele se altera, tudo muda! Dentro e fora do mercado. SUA MENTALIDADE AFETA SEUS RESULTADOS, isso incluí desde de a maneira como você se vê no espelho até como você entra no mercado!

Nesse estágio, sua mente só pensa em perda, perda.. E advinha o que acontece quando você entra na operação?!

… até que você encontra o chão!

Como seres humanos, cometemos o erro de achar que tudo é para sempre. Sejam as coisas boas (sequencia de ganhos infinitos!) ou as coisas ruins (Sequencia de perdas infinitas!).

Quando se chega ao “chão“, você se sente derrotado, sem forças para continuar. Dá vontade de jogar tudo para o alto, e ir fazer outra coisa da vida.Por mais que você ame essa profissão de Trader!

Por conta da PRESSA E DA ANSIEDADE, você toma as piores decisões. Perde completamente o seu RITMO. E a sua única vontade é de continuar no chão, e não querer levantar mais…

Resultado de imagem para fundo do poço

Mas você quer lugar melhor para recomeçar do que do chão?!

Eu ouvi três frases que eu achei sensacionais para momentos assim:

  • Melhor lugar para recomeçar é o fundo do poço. Basta eu parar de cavar!
  • Estar na merda, é o melhor lugar para se florescer, pois você está rodeado de adubo!
  • Quem não faz merda, não aduba a vida!

Muita gente começa a “culpar” o mercado, depois a autossabotagem chega e começa a fase de autodepreciação. Vejo gente f#$@ no mercado, que tem um astral lá em cima (que literalmente anima o dia dos outros), se apagar numa situação dessas!

Então, para que se quebre o CIRCUITO FECHADO pensamentos negativos, devemos ter autocrítica!

Se você chegou até aqui, significa alguma coisa, certo? Você já foi longe demais para desistir!

Nos acomodamos com as vitórias, e esse é o maior pecado de um trader. Para nós, todos os dias são uma singularidade e temos que aproveitá-las como tal.

Não podemos deixar de estudar, rever nossas operações, de ganho ou de perda, devemos manter nossa mente afiada, nos esforçando para sempre sair da zona de conforto.

Devemos nos questionar ao menor sinal de um pensamento destrutivo, e não simplesmente aceitar essas críticas internas.

Devemos buscar dentro de nós as respostas para as coisas que nos falta e ir atrás delas!

EU SEI QUE VOCÊ É F#$@ E QUE VOCÊ CONSEGUE!

Como eu sempre digo: Agora vai lá, e faz teu nome! Brilha!

Antes que eu esqueça, não deixe de se cadastrar para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem tem curtido nossas publicações, convido vocês a conhecerem um blog irreverente e descontraído de um cara Top! Acessem lá: Blog do Magrelow Trader

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Mantenha-se no Ritmo

Ciclos de Mudanças

A pressa é inimiga da Consistência

Outras fontes de aprendizado

Vamos falar de Gerenciamento…

Minha visão sobre o Trader

Espero que eu possa te ajudar

 

Ser Trader: Esvaziando a mente

Pergunta rápida: Você é do tipo de trader que fica horas olhando para o gráfico imaginando as possibilidades de movimentações do preço? Que depois do pregão, fica com o gráfico “preso” na sua mente? Passa o final de semana pensando no próximo pregão pensando onde o mercado vai abrir? Não consegue conversar com outras pessoas que não seja sobre mercado? É…acho que está na hora de você esvaziar a sua mente, meu amigo(a).

Aprenda tudo, esqueça tudo…

Esvazie sua mente

Não se prenda a pensamentos preconcebidos. Permaneça “sem forma definida”

Pode ser um pouco controverso, mas é de uma utilidade ímpar. De alguns grupos que eu participo, vejo muita gente, antes do mercado abrir, ficar analisando e postando coisas do tipo: “O preço formou uma figura X, com alvo em tal lugar, então vou comprar/vender no ponto Y e meu alvo vai ser no ponto Z…”

Daí, o mercado abre e o preço vai completamente ao contrário, e essa mesma pessoa fica sem saber o que fazer, por que na mente dela, o preço “deveria” andar na direção que ela “previu”. E eu pergunto: para que serviu essa análise altamente complexa afinal?

Antes de pensar que esse é um post para os preguiçosos, já aviso, não estou dizendo que não se deva estudar e analisar o gráfico. O que eu quero dizer é que o mercado é um livro em branco que se escreve durante o pregão.

Ou seja, se você entrar no mercado com ideias preconcebidas, você estará em grande desvantagem. Lembre-se sempre: O mercado é soberano e faz o que quiser.

Inventando desculpas para não dar resultados…

Esvazie sua mente

“Mas eu não fiz a operação por que mercúrio está retrogado ao meu signo…”

Partindo dessas ideias preconcebidas, muita gente inventa desculpas para não fazer operações.Não fazem a operação por que o Bovespa vai abrir, não fazem operações por que o Dow Jones vai abrir, por que ficou aguardando o alinhamento dos planetas ou o diabo que for, mesmo quando o operacional estava informando a entrada.

No post sobre DISTRAÇÕES DURANTE O TRADING e no post sobre PROCRASTINAÇÃO, eu falei sobre as pessoas que resolvem fazer muitas coisas durante as operações e perdem o foco, e com isso não fazem as operações, criando desculpas.

Entenda: quando você começa a inventar desculpas para tentar racionalizar o por que de você não ter feito sua operação, seu cérebro entende que está tudo certo, e te joga numa zona de conforto da qual vai ficando mais difícil de sair.

Também, não se deve ser inconsequente, a ponto de querer operar uma noticia importante, como um Payroll da vida, sem ter experiência. O que deve se fazer é filtrar as informações relevantes, por que senão, qualquer coisa se torna desculpa, e no final do dia, você não fez operação nenhuma, embora o mercado tenha te dado várias oportunidades…

Uma coisa leva a outra, que leva a outra…

O que eu quero passar com tudo o que escrevi acima? uma mensagem simples: Se você já analisou o gráfico, viu suas possibilidades e já analisou as noticias importantes do dia, “ESQUEÇA TUDO”.

esvazie sua mente

“Você é maluco?!”

Não! entenda uma coisa, se você estiver com um monte de informações na sua cabeça, elas vão começar a entrar em conflito, o que vai gerar dúvida, que vai gerar medo, que vai gerar a paralisia e você congela.

Se você já criou seu plano para o dia, execute-o sem pensar em outra coisa, o que exige foco!

Esvazie sua mente

Pode parecer estranho esse lance de “esquecer” as coisas, a princípio. Porém, quando você começa a operar “vazio” de informações inúteis, preconceitos e distrações, você consegue “ouvir” o mercado.

Meio louco o que eu estou escrevendo né? Que nada… Quando você começa a se livrar desses pesos, você entende melhor o mercado, a ver como ele esta se movimentando e a partir daí sua leitura dele vai para um próximo nível.

Não adianta passar a noite, o final de semana, pensando no próximo pregão. Isso só causará um stress maior e não trará nenhum resultado.

Utilize o próprio pregão para estudar, se dedique a isso com foco e determinação, pois assim, você vai estar um passo a frente de muita gente.

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Se durante a leitura do post, algum pensamento do tipo: “Esse cara esta falando besteira…”, se por um acaso causei algum tipo de incômodo, então esse post alcançou seu objetivo…

Curtiu o post? Deixa ai nos comentários se já aconteceu algo assim com você durante as suas operações!

Antes que eue squeça, não deixe de se cadastrar para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem tem curtido nossas publicações, convido vocês a conhecerem um blog irreverente e descontraído de um cara Top! Acessem lá: Blog do Magrelow Trader

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

 

Entendendo o Instinto

Funcionamento da nossa mente

Lidando com o sofrimento

Por que hesitamos?!