Quem acompanha o blog desde os primórdios, já leu um post chamado APERFEIÇOAMENTO DE UM TRADER, onde eu escrevi sobre algumas coisas que acontecem, interna e externamente, quando nós queremos nos tornar traders de verdade. Chamo isso de Ciclos de Mudanças.

Então, no post de hoje, eu vou falar um pouco mais sobre isso, com base na minha experiência pessoal de mudança, que tem ocorrido nesses últimos meses.

Antes de melhorar, tudo piora…

No post sobre Ajuda aos Traders que escrevi, contei um pouco da minha experiência com o processo de coach que tive, processo esse que me ajudou muito nessas mudanças todas.

Eu estava no pior momento possível: Vinha de meses consecutivos de perdas, e naquele mês específico, não tinha fechado um dia positivo. Minha mente já estava nas últimas, implorando para que eu desistisse do mercado.

Pessoas ao meu redor, as quais eu esperava algum apoio, nem se quer ligavam para isso. Só então eu percebi que estava sozinho nessa.

Sempre fui um cara orgulhoso (e as vezes arrogante), sempre negando ajuda e batendo no peito dizendo que conseguiria sozinho. Porém, quando cheguei nesse nível, percebendo que não tinha como eu sair sozinho, meu orgulho caiu e eu pedi ajuda (e de longe, foi a melhor decisão da minha vida!)

O resto, eu já expliquei no post… Então vou continuar, dando uma completada nele a partir de agora…

Desperte!

Imagem relacionada

Logo no começo desse processo de mudança, eu descobri o que estava me fazendo cometer todos os erros nesse tempo todo. Foi como se tivessem tirado uma venda dos meus olhos, e com isso eu consegui enxergar com muito mais clareza.

Comecei a prestar atenção mais em mim e em meus pensamentos, e algo engraçado aconteceu: Eu conseguia enxergar todas as outras coisas que me causavam problemas, tanto no mercado quanto na vida pessoal. Trouxe esses problemas, que antes ficavam num canto escuro, para a luz onde pude corrigi-los e aprender com eles.

Nessa primeira fase de aprendizado, eu comecei a mudar minha visão sobre mim mesmo. Uma visão na qual, eu mesmo me julgava como não merecedor das coisas, de que não iria dar certo.

Quando damos nomes aos nossos demônios internos, fica muito mais fácil lidar com eles. E foi exatamente isso que eu fiz. Identifiquei cada um deles e aprendi a lidar com todos. E esse foi o primeiro ciclo (menor) de mudança.

“Um problema do passado não resolvido, sempre voltar para morder a sua bunda”

Essa era uma frase que um amigo meu sempre me dizia, e que no fim das contas, é a mais pura verdade.

Lidando com todos os meus problemas internos, mudando minha visão sobre mim mesmo, eu comecei a perceber outras coisas ao meu redor.

Coisas relacionadas ao mercado e a como eu reagia a ele. Sinceramente, nunca fui muito de passar horas e horas estudando loucamente. Na verdade até hoje eu não sou.

Mas por essa “falta de vontade” eu deixei de aprender muita coisa. E isso era um problema antigo. Procrastinar estudos por outros motivos era muito fácil. Ainda é, muito fácil.

Até o momento em que percebi que pela falta de dedicação e estudo (além de um esforçosinho) eu estava fazendo besteira no mercado, vendo o que não existia e complicando demais meu operacional.

E olha que eu me aprofundei muito nele, de verdade! E então, descobri que minha mente era capaz de me sabotar se eu não prestasse a devida atenção.

Aprendi que se eu deixasse, minha mente (ainda não tão treinada) poderia me “destruir” no mercado, não me deixando identificar as oportunidades reais e me fazendo entrar nos lugares errados.

Quando trouxe isso a luz da consciência, automaticamente meu lado racional identificou os motivos pelos quais eu me sabotava e eu fiquei muito mais esperto! Quando minha mente inconsciente tentava, eu já estava vacinado. Esse foi meu segundo ciclo (menor) de mudança.

Aprendendo a ter foco…

Já sabendo o que procurar dentro da minha cabeça e com a AUTOSSABOTAGEM sob controle, meu operacional deu uma melhorada nível hard! Isso num pequeno espaço de tempo!

Parecia bruxaria, mas quanto mais eu focava em mim, mais meu operacional melhorava, minha leitura de mercado melhorava e eu me tornava um trader melhor.

Me aprofundei mais em mim mesmo, descobrindo meus pontos fortes e como eles me ajudam no mercado (e na vida). E vou dizer para vocês, é como ganhar superpoderes!

Tudo, absolutamente tudo, fez sentido. Até coisas de antes do mercado fizeram sentido pra mim.

Quando isso ocorreu, eu descobri o motivo pelo qual eu faço algumas coisas, o por que de outras me irritarem profundamente… Eu conseguia ver além do óbvio.

De certa forma, eu comecei a ficar mais na minha, mais introspectivo. comecei a me afastar um pouco dos grupos que participava, pois eu acabava cobrando dos outros as mesmas coisas que eu cobrava de mim mesmo.

O principal para mim, foi parar de me comparar com outras pessoas, entendendo que cada um tem seu tempo de amadurecimento. Eu não posso forçar isso, nem em mim nem em ninguém.

Sendo assim, comecei a perceber quem realmente estava me ajudando e quem estava se tornando um “peso”, drenando energia… E fui me afastando mais.

Comecei a me dar mais valor e fazer as coisas que eu gosto, sem se importar com os outros. Com isso, comecei a sair da minha zona de conforto, e esse foi meu terceiro ciclo (menor) de mudança.

E agora, o céu é o limite!

E agora, nesse exato momento em que eu escrevo (e posto) esse texto eu acabei de fechar mais um ciclo de mudança. Sendo esse o quarto ciclo menor, que junto com os outros, formam um grande ciclo de mudança na minha vida.

Apesar de tudo isso que eu contei antes, eu não me “sentia” como um Trader. Para mim, eu achava que só seria um trader de verdade quando eu fizesse MUITO dinheiro em uma ordem, quando eu operasse muitos contratos ou muitas ações…

Porém, com todas essas pequenas mudanças, eu percebi as coisas ao meu redor de forma diferentes. Comecei a fechar meses positivos, tirei dinheiro do mercado para poder pagar as contas e para me divertir.

Eu realmente vi que eu sou um trader, e que eu sou F#$@!

Vi que não tenho limites, descobri que eu posso fazer o que eu quiser, que eu posso ir além!

Agora, eu estou aprendendo a voar e que ninguém pode me impedir disso!

Resultado de imagem para horizonte

Eu já estava com esse post na cabeça há algum tempo, e não encontrei uma outra maneira de escrevê-lo sem que eu me usasse como exemplo.

Ainda não sou um cara grande no mercado, com uma história de superação incrível e tal, mas espero que tudo o que eu escrevi, possa servir de forma positiva a você.

Pode parecer clichê, mas: Acredite, de verdade, em você!

Antes que eu esqueça, não deixe de se cadastrar para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem tem curtido nossas publicações, convido vocês a conhecerem um blog irreverente e descontraído de um cara Top! Acessem lá: Blog do Magrelow Trader

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

A pressa é inimiga da Consistência

Outras fontes de aprendizado

Vamos falar de Gerenciamento…

Minha visão sobre o Trader

Espero que eu possa te ajudar

Um breve guia para iniciantes

Corra para o lado oposto!

 

 

The following two tabs change content below.

Herick Borges

Trader Autonomo
Trader autônomo e investidor na bolsa desde 2011. Coach formado pela Sociedade Latino Americana de Coach e autodidata em assuntos relacionados a finanças pessoais, investimentos, economia e um grande entusiasta em psicologia comportamental e de alta performance voltada ao Mercado Financeiro.

Latest posts by Herick Borges (see all)