Quem nunca foi enganado pela própria mente? Acha que seu cérebro não é capaz disso? Para entendermos como a sua mente te engana, vou abordar alguns tópicos para dar uma esclarecida em como isso ocorre.

E para provar que seu cérebro te engana, e muito, responda a seguinte pergunta:

Em uma loja de brinquedos, um conjunto composto de uma bola e um bastão custam R$1,10. Sabendo que o bastão custa R$ 1,00 a mais que a bola, quanto custa a bola sozinha?

Mas pera aí, como nossa mente pode nos enganar?

Como já explicitei nos posts FUNCIONAMENTO DA NOSSA MENTE, SÍNDROME DO CIRCUITO FECHADO, e no mais recente ENTENDER NOSSOS HÁBITOS, nosso cérebro cria alguns processos internos para poder “agilizar” nossas tomadas de decisões e reações.

Isso era muito necessário, quando nossa espécie vivia nas cavernas e precisávamos ter esses mecanismos para  ao menor sinal de perigo, ter reações rápidas, desenvolver a nossa memória para saber o que podíamos ou não comer, ou se algum animal era perigoso, e a nossa imaginação, para saber se a sombra formada na pedra era de algum animal perigoso ou não…

Enfim, nosso cérebro evoluiu utilizando esses mesmos mecanismos. Por mais que hoje sejamos “evoluídos”, e que não precisamos nos preocupar com as mesmas coisas do que nossos ancestrais, esss mecanismos do nosso cérebro não evoluíram na mesma velocidade. Ou seja, ainda reagimos aos nossos instintos,  como “animais” de vez em quando.

Uma maneira bem simples de perceber como esses processos internos nos traem, é assistir a um truque de mágica. O mágico não possui poder paranormal nenhum, fazendo com que sua mente olhe e se foque em coisas que ele queira, enquanto ele faz o truque em segundo plano.

E por mais que você saiba que aquilo não é “possível”, você se admira com o truque feito, além de ficar se perguntando “como foi que isso aconteceu?”.

Imagem relacionada

Como ele faz isso?!

Preso dentro de um viés cognitivo!

Uma armadilha muito comum, que nossa mente cria para nos enganar, é o Viés Cognitivo. Para nossa mente, algo torna-se uma “verdade absoluta”, com a qual você , mesmo que por alguns instantes, não consegue questionar.

Mesmo que os fatos, e provas, apontem para outro lado, sua mente não desgruda daquele pensamento, e jura que está certo até o final.

Quem nunca fez uma operação por estar 500% certo do que estava fazendo, mesmo quando todos os sinais que o mercado está dando, estão dizendo o contrário?

Os vieses mais comuns que vejo no mercado são os de Efeito de Ancoragem, Efeito de Ambiguidade, Viés de Confirmação e Viés de Autoridade (Existem vários, mas vou focar nesses hoje).

Os Principais vieses cognitivos do mercado

O Efeito de Ancoragem é um viés que ocorre quando nós ficamos presos, de uma forma intensa, a somente uma parte da informação que estamos vendo, enquanto temos que tomar uma decisão. Já aconteceu com você de olhar para o  movimento do preço naquele instante, e já afirmar que ele está em algum tipo de tenência?

O Efeito de Ambiguidade é o viés que ocorre quando a falta de informação impacta na sua tomada de decisão, preferindo ficar com o seguro (mesmo que o que ocorra seja prejudicial a você) do que com o incerto (mesmo que o que ocorra seja favorável a você). É o fato de você evitar correr algum tipo de “risco”, por não ter “certeza” de que vai dar certo ou não.

O Viés de Confirmação é uma tendência das pessoas preferirem informações que confirmem suas crenças ou hipóteses, independentemente de serem ou não verdadeiras. Ou seja, quando você está comprado, você começa a querer encontrar motivos para permanecer nessa posição, mesmo que o mercado esteja apontando para o lado oposto. (Um dos principais motivos de quebra de conta, olha aí!)

O Viés de Autoridade é uma tendência a acreditar, de forma “cega” ao que um especialista, responsável, pessoa de sucesso em alguma área, como verdade. Algo do tipo: Por que se o Trader A opera assim, eu vou operar igual a ele, por que ele ganha. ( Esse aí eu vejo muito!)

Hábitos e Vieses

Nosso amigo: Panda da Desilusão

Como expliquei no post anterior, hábitos são gerados pelas repetições de rotinas que, mesmo inconscientemente, nós criamos para organizar nosso dia.

E o que será que acontece quando repetimos muitas vezes esses vieses cognitivos? Se tornam hábitos! E depois que viram hábitos, dá um trabalho para tirar da cabeça. Se demorar muito, viram crenças limitantes, onde a parada fica mais hardcore.

Quando se perde a capacidade de questionar, seja os outros, seja você mesmo, inicia-se o processo de parada de evolução. Sua mente fica engessada demais em uma única forma, e o mundo vira uma caixa, onde você não consegue pensar de forma diferente, e “segue ordens” mesmo sem saber o por que.

Pode estar se perguntando: O que isso tem a ver com o mercado? Tudo! Se você não questionar suas operações, como você aprende com elas? Se você não olhar o mercado de um ponto de vista diferente, como vai imaginar cenários possíveis, e reações possíveis?

Como já deixei aqui no blog, OPERE COM A MENTE VAZIA.

Gostou do assunto sobre vieses cognitivos? Se quiser se aprofundar mais no assunto, recomendo a leitura do livro Rápido e Devagar – Duas formas de pensar, do autor Daniel Khaneman (ganhador do nobel de economia de 2002, sendo um psicólogo).

Pós Créditos

Ainda não descobriu a resposta da pergunta feita lá no início do post né? Então lá vai: A resposta é RS 0,05.

Pois o Bastão custa R$ 1 a mais que a bolinha e os dois somados, custam R$1,10, logo o bastão custa R$1,05.

Viu como sua mente te engana e você jura que está certo?!

Resultado de imagem para pensa nisso meme

Antes que eu esqueça, não deixe de se cadastrar para receber as notificações sempre que rolar um post novo aqui no Blog! Não vai querer ficar de fora, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Para quem tem curtido nossas publicações, convido vocês a conhecerem um blog irreverente e descontraído de um cara Top! Acessem lá: Blog do Magrelow Trader

Ainda não leu os outros posts?! Então Clica aí:

Entender nossos hábitos

Uma pausa para a reflexão

Como se tornar um trader mais paciente

Biblioteca do Trader: A Sutil Arte de Ligar o F*da-se

Em busca do Autoconhecimento

Esvaziando a mente

 

The following two tabs change content below.

Herick Borges

Trader Autonomo
Trader autônomo e investidor na bolsa desde 2011. Coach formado pela Sociedade Latino Americana de Coach e autodidata em assuntos relacionados a finanças pessoais, investimentos, economia e um grande entusiasta em psicologia comportamental e de alta performance voltada ao Mercado Financeiro.

Latest posts by Herick Borges (see all)