Escolha uma Página

Ser Trader – Sobre como lidar com os erros

Resultado de imagem para errou

Em um post anterior, eu escrevi sobre um conselho para lidar com as perdas durante o trading, para ajudar lidar com o loss que o mercado te deu de presente. Como um complemento, no post de hoje eu quero abordar com vocês uma coisa que eu aprendi e que tem me ajudado muito, quero compartilhar com vocês um conselho sobre como lidar com os erros cometidos durante o trading.

Diferenciando perdas de erros

Antes de mais nada, temos que separar o que foi erro, de nossa responsabilidade, de perda, que o mercado nos dá. Quando analisamos uma operação mal sucedida, temos que ter em mente uma pergunta simples: Este foi, de acordo com a minha estratégia, o melhor ponto de entrada?

Se a resposta for sim, então o resultado final foi de responsabilidade das probabilidades do mercado e não há nada que possamos fazer a respeito, a não ser aceitar o loss e continuar em frente. Caso a resposta for não, a responsabilidade do resultado é sua (causa e efeito… física simples), então precisa corrigir o erro, analisar melhor e seguir em frente.

Veja bem, não estou utilizando a palavra culpa e sim responsabilidade, que são coisas completamente diferentes.

Aquele sentimento de frustração que ronda os erros

Como abordado no post sobre mindset, somos condicionados a vencer desde a infância e aprendemos que as pessoas que cometem erros, não merecem lugar de destaque, são tidas como fracassadas, de um modo geral.

Quando cometemos algum erro é muito comum sentirmos como fracassados ou não merecedores daquilo que estamos buscando, nos colocamos no lado dos perdedores. Ao cedermos a esse ato involuntário e automático do nosso mindset, ignoramos completamente todos os outros elementos que cercam o erro cometido e acabamos ficando temporariamente cegos emocionalmente, o que pode nos jogar numa espiral descendente até o fundo do poço… ou além

erro

Mas que P@#$…!

Ressignificando o erro

Para começar a ressignificar o erro, precisamos quebrar o ciclo vicioso de errar > se culpar > se sentir mal, e criar um ciclo virtuoso de errar> aprender com erro> melhorar.

Aí vem a pergunta: Como eu consigo fazer isso?

Erro

Estou aprendendo com os meus erros?!

Uma maneira de se começar é aprendendo a lidar com o sentimento de culpa, então se você acompanha o blog, já tem uma noção de como fazer isso. Caso seja novato por aqui (Seja bem-vindo!), dá uma olhada no post sobre meditação e no de controle emocional, para entender o que estou falando.

Após parar e respirar, o passo seguinte é se fazer uma pergunta: O que eu aprendi com esse erro?

Quando você tira o foco de “nossa cara, eu sou um merda!” e muda para “o que eu tenho que aprender com isso?“, seu cérebro começará a procurar a resposta de forma automática e registrará essa informação. Isso é literalmente “aprender com seus erros”

Seja  como um cientista…
Erro

Seja como um cientista…Não pera!

Quando algum pesquisador está afim de provar sua teoria na prática, ele começa a realizar testes e observar seus resultados, e a partir destes resultados, ele vai se aproximando de suas conclusões.

Logo, a cada resultado que não condiz com o esperado (erro), o pesquisador descobre uma nova maneira de não fazer e melhora seus cálculos, faz suas anotações e aprende, já a cada resultado positivo, ele confirma que seus cálculos e teoria estão no caminho certo.

O mesmo vale para nós Traders. Ao acertarmos, ganhamos confiança no modo em que operamos no mercado, a cada erro, aprendemos uma forma de não fazer e ganhamos uma chance de melhorar.

E para finalizar o texto, gostaria de sugerir uma coisa a você quando cometer um erro, por mais bobo que seja. Assim que descobrir que cometeu um erro, pense logo nesta frase ( que eu ouvia quando criança de um familiar meu):

Quem não faz merda, não aduba a vida

Para ajudar, dá uma olhada nesse vídeo aqui do canal da Patrícia Pedrozo Coach, falando sobre perdas e erros.

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

 

Ser Trader: Enxergando além do Óbvio

Preço. Onde vivem? Do que se alimentam? Como se reproduzem? Hoje, no Mente de Trader…

Me responda, o que você vê na figura abaixo? Somente um par de candles? Sério? Nada além disso? Volte aqui ao final do post…
Resultado de imagem para candlestickComo se formam os preços

De acordo com o dicionário Preço é a quantidade monetária que se atribui à troca por um bem ou serviço. Até aí, tudo bem, mas já parou para se perguntar como eles se formam?

De uma maneira geral, um individuo A quer comprar/vender determinado ativo  e define um preço a ser pago/recebido. Um individuo B aceita as condições e recebe/paga o que é solicitado para vender/ter esse ativo. Com essa simples ação, forma-se um preço no mercado daquele ativo.

Formando preços

-Fechamos um preço?! -Fechado!

Aplicando a psicologia

Partindo do exemplo acima, na bolsa de valores temos estas ações sendo repetidas milhares de milhares de vezes, por vários operadores querendo vender e comprar, formando assim os preços, além de fazer com que se movimentem ao longo do pregão

Quando olhamos, do ponto de vista da psicologia, vemos que existe uma infinidade de coisas que movem os operadores a tomar estas decisões de compra e venda. Com certeza, em algum momento das suas operações, você já pensou que “este ativo está muito caro/barato”. E este mesmo pensamento se passa na cabeça dos outros operadores enquanto o preço está em pontos diferentes. Mas uma pergunta que muitos não fazem é, por quê?

Um exemplo: Se você for olhar o preço de um ativo que você nunca viu antes, este preço se tornará um referencial para você. Ao olhar no dia seguinte, esse preço terá sido modificado, para cima ou para baixo, fazendo com que você defina se está caro ou barato, em relação ao preço anterior. E isso é o que te motivará a comprar ou vender, de uma forma simples

Psicologia de massa = Movimento de preço

Quando temos muitos operadores sendo guiados por suas decisões de compra ou venda, normalmente cria-se uma tendência no mercado.  Estas decisões podem ter um motivo mais ou menos racional. Chamamos isso de Efeito Manada

Efeito manda

Tendência criada pela Manada

Não é raro vermos movimentos bruscos de preço no mercado. É comum vermos a ação da “manada” quando saem noticias que são julgadas como importantes pela maioria, fazendo com que operadores interpretem cada um de sua forma, e com isso tomem suas decisões. Vence a opinião da maioria (ou do que tiver a maior parte do mercado)

Tá bem, eu ja sabia disso tudo, não me agregou em nada!

Resultado de imagem para Sherlock holmes obvio frase

Será mesmo? Não conseguiu enxergar além do obvio? não pegou as referências? Deixa eu tentar ajudar…

Quando você decide comprar ou vender, é por que, direta ou indiretamente, o conceito de caro ou barato foi ativado no seu cérebro, através da estratégia ou setup que você está utilizando. Quando você olha para um gráfico de candles e vê aquelas velas se formando, você deve enxergar como os operadores estão definindo o que é caro e barato para eles, a partir dos seus próprios conceitos. Quando você vê uma tendência, você deve enxergar que a “manada” está pensando de forma idêntica, movimentando o preço para onde a maioria quer. Quando você vê um padrão de candle, o que você deve enxergar é um padrão de pensamento da maioria dos operadores.

Erra quem pensa que ler o mercado é só olhar se os preços estão subindo ou descendo, se estão formando um padrão X, Y ou Z para operar de forma mecânica.

Ler o mercado de verdade é entender e aplicar corretamente a psicologia seja com você, seja com os outros, conseguindo assim melhorar suas probabilidades de acerto. Não é olhando para um candle, por exemplo, e enxergando uma figura colorida na tela. Vá além do óbvio!

Tem muito mais de psicologia dentro de um candle, do que você imagina…

Agora, volta lá no início do post e me diz o que você está vendo….

Curtiu o Post? Deixa ai seu comentário!

Trouxe para vocês uma sugestão de Blog! Um blog irreverente e descontraído com temas variados! Acessem lá: Blog do Magrelow Trader

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Ainda não leu os posts anteriores? então Clica aí!

Um conselho para lidar com as perdas

As diferenças de Mindset para os Traders

Controle emocional do Trader

 

Ser Trader: As Vantagens da Conta demo

Antes de mais nada, gostaria de agradecer a todos que tem lido e dado feedback, seja através dos comentários aqui no blog, seja através de comunicação direta. Muito obrigado, de verdade!

O texto de hoje eu gostaria de dedicar a uma Trader que tive a oportunidade de conhecer e que acabou me surgindo a ideia de escrever sobre essa “dificuldade” de transição entre a conta demo para a conta real. Ela manda muito bem na conta demo (e faz uns trades cabulosos!), mas ja disse que se sabota ao ir para a conta real, então espero que esse post ajude na próxima  transição entre as contas.

Como o blog é sobre a psicologia do trader, esse será o ponto de vista, o que talvez ajude a galera que está estudando e que ainda não iniciou na conta real, a se estruturar psicologicamente.

Para que serve a tal “Conta Demo”
Conta Demo

Desculpem, não pude resistir a piada…

Comecemos pelo começo. A ideia de se poder “operar” no mercado financeiro, sem a necessidade de usar dinheiro de verdade é completamente tentadora. Você não precisa desembolsar um centavo se quer e pode “viver as emoções” de ganhar e perder na bolsa e de quebra, aprender como funcionam os mercados, como os preços se movem, como os setups funcionam, enfim, aprender sobre toda a mecânica do mercado, tudo isso enquanto o mercado está rolando ao vivo. Para quem sabe usar de forma correta, torna-se uma excelente ferramenta de aprendizado, do contrário, torna-se um video-game e não ajuda em nada, só atrapalha.( Abordaremos isso mais a frente.)

 

Conta Demo: Forma correta de se usar

Resultado de imagem para CertoComo disse antes, é uma ferramenta muito importante para o aprendizado do futuro trader, se utilizado corretamente. O que quero dizer com forma correta é o seguinte: Testar e treinar a sua estratégia, sem a necessidade de pagar pelo aprendizado. Ou seja, treinar a leitura de mercado,testar um setup novo, testar um indicador novo, seja o que for, posso utilizar a conta demo para fazer esses testes sem precisar perder dinheiro para o mercado e saber se funciona ou não, saber o que estou fazendo de certo e errado e descobrir onde é necessário fazer ajustes, seja na estratégia ou no trader.

Conta Demo: Forma errada de usar

Para quem não sabe utilizar essa ferramenta, isso se torna um video-game, em que o jogo é ao vivo! Logo, a pessoa que está “jogando” não está focada nem concentrada no que deve ser feito, não está com a Imagem relacionadaatenção na estratégia nem no que o mercado está fazendo. Ou seja, não estão de fato estudando e sim, perdendo tempo. Pegam um setup, indicador ou estratégia nova, fazem meia dúzia de operações que dão certo e já vão para o mercado real, achando que vão ficar milionárias no dia seguinte e adivinhem o que acontece com quem não leva os estudos a sério…

Impacto psicológico do uso da Conta Demo

Para quem já acompanha o blog aqui, já percebeu que sou o tipo de trader que “olho mais para dentro do que para fora”. Então quando eu comento com alguém sobre isso, eu tenho uma opinião um pouco diferente dos demais. Muita gente diz que nada adianta conta demo, que deve-se ir para conta real e cair pra dentro do mercado. Eu já discordo. Até porque, antes de se tirar a carteira de motorista, você aprende a dirigir. (boa referência?!)

É inegável a necessidade de treino para se fazer algo bem feito. É aquela velha máxima, com um pequeno ajuste: A prática, de forma correta, leva a perfeição.

Quando você está utilizando a conta demo, seu cérebro automaticamente corta o link entre “risco de perder dinheiro” e o “medo”. Para quem utiliza da forma correta, verá isso como uma vantagem, do contrário, já disse antes, acham perda de tempo

Ahh vc fala muito! que vantagem é essa? Não existe vantagem nenhuma!

Para quem não está procurando, nunca achará, de fato. Se seu cérebro “desliga” o medo, automaticamente você vai ver oportunidades onde outros não estão vendo, ou ficaram paralisados em agir. Se você pratica com afinco, seu cérebro criará sinapses muito mais rígidas com seus olhos e mãos, fazendo com que as imagens do gráfico que você está vendo sejam processadas mais rápido e sua mão clique mais rápido do que seu emocional pergunte: Oquequetáacontecenoaqui?!. Isso chama-se memória mecânica, ou seja, seu corpo reagirá de forma automática, por ele já ter feito isso repetidas vezes e ter calculado suas taxas de acerto e de erro ao fazer estas ações.

É isso o que acontece quando você “sente” o trade. Nada mais é do que as informações que você adquiriu sendo processadas “em segundo plano” e seus resultados sendo executados quase que involuntariamente. Não acredita? tá certo. Pegue um gráfico aleatório de qualquer ativo em qualquer dia… se você  encontrar os pontos de entrada, sem mesmo marcar nada, você já prova o que eu disse.

Uma segunda vantagem que se possui, é que como você não corre “risco”, deve-se operar com o racional em 1000%. Logo, todas as operações que serão feitas, não devem ter razão emocional e com isso, você treina o seu operacional de forma quase pura, praticamente na essência. Sem o emocional para “atrapalhar” o que sobra é puramente o racional das operações e suas probabilidades. E é isso que deve ser treinado, pois cria a confiança no operacional e saber que ele funciona além da auto confiança, por mostrar que você é capaz de executar as operações

Saindo da conta Demo e indo para a Real

Aqui é onde MUITOS TRADERS pecam e o fazem de forma espetacular.  Vou tentar exemplificar com 2 situações:

Situação 1:

O trader resolveu treinar a estratégia que ele acabou de aprender num curso qualquer. Ele já possui uma ideia do quanto ele precisar ganhar para viver do mercado e ser o mais novo milionário da praça. Acha que com o curso que ele fez, ficará rico rapidamente. Por isso, ele vai treinar na sua conta demo, com 100 contratos, ou com lotes de ação na casa das dezenas de milhares. Quando a operação dá certo, ele olha rapidamente seu “saldo” e vê aquele número gigante de lucro e quando erra, diz que não fará aquela operação. Este trader se ilude por querer saber como “vai ser o futuro”, acha que vai ganhar rios de dinheiro… Quando cria a coragem ( o que deve levar alguns dias ou no máximo semanas) das duas uma: Ou opera com o mesmo numero de contratos ou lote de ações e quebra mais rápido do que entrou, ou entra com um mão infinitamente menor e se sente frustrado, entrando em espiral descendente…

Situação 2:

O trader resolveu treinar a estratégia que ele acabou de aprender num curso qualquer. Ele já possui uma ideia do quanto ele precisar ganhar para viver do mercado e resolve se focar na operação e não no “saldo”. Na sua conta demo, ele opera com o mínimo possível, pois o que lhe interessa é acertar a operação, entender o que ele está fazendo e melhorar continuamente. Não importa se ele vai operar na conta real com 1, 10 ou 100 contratos. O seu foco maior é acertar a operação, independente de quanto de “lucro” dê.

adivinhem quem se dá melhor no final?

Conta Demo

Será que precisa pensar tanto assim?

Concluindo…

Pode parecer uma coisa boba, mas na realidade não é. Obviamente, você não vai treinar o seu emocional numa conta demo, porém ao migrar para a conta real, já terá sua confiança no operacional alicerçada, sua visão treinada, seu gerenciamento de risco pronto, meta do dia e limite de perda. Só com isso, já sai em vantagem em relação a galera que acha que tudo isso é besteira. A única coisa que você precisará, é não deixar o emocional sobrepujar o racional, e manter a disciplina. E para isso, temos este blog aqui!

Imagem relacionada

Gostou do texto? Deixa aí nos comentários sua opinião!

Trouxe para vocês uma sugestão de Blog! Um blog irreverente e descontraído com temas variados! Acessem lá: Blog do Magrelow Trader

Quer saber mais sobre desenvolvimento pessoal e alta performance? Se inscreva no canal Patrícia Pedrozo Coach e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook Mente de Trader

Ainda não leu os posts anteriores? então Clica aí!

Regras da atividade difícil

Controle emocional do Trader

Frustração e estresse no Trading

 

Ser Trader: Benefícios da meditação para Traders

Resultado de imagem para meditação

Quantos de vocês tem o hábito de meditar com frequência? Quantos de vocês já meditaram, pelo menos uma vez? No post de hoje, vamos falar sobre os benefícios que a prática constante da meditação traz para nós e como ela pode impactar nossos resultados como Traders!

Praticando o autocontrole

Uma pergunta simples: Você se conhece DE VERDADE? A maioria pode responder que sim, mas na verdade, essas pessoas não se conhecem em profundidade. Prova disso, é que essas pessoas tendem a cometer os mesmos erros, pois não prestaram a devida atenção as coisas que lhe aconteceram, e por isso erram as mesmas coisas quase sempre. O mesmo ocorre quando as emoções tomam conta das situações e elas tendem a perder completamente o controle.

Quando praticamos a meditação, nós começamos a nos conhecer em profundidade, começamos a entender por que certas coisas nos afetam e como nós podemos minimizar ou até mitigar os efeitos negativos que eventos externos podem nos causar.

Mantendo uma pratica constante, conseguimos perceber nossas mais sutis trocas de humor, quando a razão está sendo perdida para a emoção e conseguimos também ganhar “alguns segundos” a mais na hora de tomar uma decisão de forma consciente, assim tomamos decisões mais assertivas baseadas na razão e lógica, ao invés de cedermos aos impulsos.

Coisa de gente Zen…

Há quem tenha certo preconceito com a prática de meditação, por achar coisa de monge, coisa de gente zen paz e amor. A verdade é que a pratica de meditação pode (e deve) ser praticada por todos.A pratica da meditação é algo muito simples de ser feito e que é completamente adaptável a você. Não é necessário se isolar numa montanha ou virar monge para isso.

Para uma boa prática de meditação, somente é necessário  um lugar calmo, sem muito ruído, uma cadeira ou almofada e mais nada. Você pode praticar em casa, no trabalho e até enquanto espera um trade dos bons.

Resultado de imagem para meditação

Vamos a prática!

Só um aviso antes de prosseguir: Para aqueles que “acham” que não conseguem meditar, peço que pulem para a ultima parte do post, para ler um pequeno desafio proposto para vocês. Após completar o desafio, podem voltar aqui e ler esta parte.

Resultado de imagem para meditaçãoPara iniciar a meditação, reserve um lugar e um horário para ser feita, com regularidade. Caso tenha uma agenda corrida, encaixe seu horário de meditação ao longo do dia.

Quem estiver começando, indico que faça as meditações guiadas, pois elas mostram o caminho para os pensamentos e ajuda a ganhar a prática para fazer sozinho.

Reserve pelo menos uns 30 minutos do seu dia, em um lugar tranquilo para realizar sua meditação, seja sentado numa cadeira ou almofada. A dica é manter o foco na respiração. Sua mente no início, vai te bombardear com coisas que você tem que fazer no dia, com preocupações, entre outras coisas, porém você não pode perder o foco e com isso filtrar seus pensamentos. Com o tempo, você aprenderá a evitar os pensamentos nocivos e que podem te sabotar durante as operações, vai aprender a identificar o que te impede de ter resultados melhores e vai te tornar uma pessoa mais disciplinada, focada e muito menos ansiosa, pois saberá identificar quando estará começando a ficar nervoso durante as operações.

 

Mindfulness

O nome parece de golpe de personagem de vídeo-game, mas na verdade indica foco total na atividade a qual está sendo realizada. É um estado mental em que nosso foco está 100% na atividade em que estamos realizando, e com isso conseguimos perceber mudanças sutis, e até antever possíveis resultados, através do nosso foco direcionado. 

Parece mágica, mas é uma habilidade incrível do nosso cérebro que pode ser alcançada através das praticas de meditação e do autoconhecimento. Alguns chamam de estado de fluxo, onde nós simplesmente reagimos as coisas externas e executamos nossas tarefas sem se quer pensar nelas, um modo automático, e de forma praticamente perfeita.

Benefícios da Meditação

Alguns dos benefícios obtidos através da prática da meditação:

  • Diminuição da ansiedade e do stress
  • Melhora do sono
  • Melhora a frequência cardíaca
  • Controla a pressão arterial
  • Alivia as dores no corpo
  • Aumenta a sua percepção sobre seu corpo e mente
  • Aumenta a estabilidade emocional;
  • Aumenta a criatividade;
  • Aumenta a alegria;
  • Desenvolve a intuição;
  • Ganha-se mais clareza e paz na mente;
  • Problemas se tornam pequenos;
  • Aguça a mente através do ganho de foco e a expande através do relaxamento.Resultado de imagem para meditação

Desafio: 

Para quem diz que “meditação não é para mim” proponho um desafio de uma semana!

O desafio consiste em: Parar diariamente por 5 minutos, e inspirar e expirar lentamente. Ao inspirar, deve-se fazer uma contagem de 1 à 9, lentamente, até seu pulmão encher por completo. Ao expirar, deve-se contar de 1 à 11 até todo o ar ser expelido. Seu foco deve ser manter o ritmo da respiração através das contagens. Você pode fazer a hora que quiser, quantas vezes quiser durante o dia. Faça isso por uma semana e me diz o que você sentiu de diferente.

P.S.: Para a galera que se interessou e quer iniciar as práticas, segue um vídeo a e meditação guiada, para ajudar:

Curtiu o Post e ainda não leu os anteriores? Clica aí!

Um conselho para lidar com as perdas

Como sua mentalidade afeta seus resultados

As diferenças de Mindset para o Trader

Curta nossa página no Facebook: Mente de Trader

Ainda não é inscrito no Canal da Patricia Pedroso Coach? clica aí e se inscreve para não perder nenhum vídeo!

Ser Trader: As distrações durante o Trading

Hoje nós vamos abordar algumas coisas que tiram nossa atenção durante o Trading e como isso pode afetar nossos resultados, tanto no curto quanto no longo prazo. Então, vamos focar aqui na leitura para entendermos como as distrações ao nosso redor nos afetam… e fecha essa aba aí do Facebook!

Hein?! O que você disse?
Distração

Mas hein?

Tenho certeza que todos sabem que Trading é uma atividade que requer muita energia, tanto física quanto mental, do trader, para que ele possa seguir o seu plano de trade e buscar as melhores oportunidades que o mercado está a oferecer. Pois bem, para que se obtenha melhores resultados, em qualquer atividade, é necessário que se tenha atenção ao que está sendo feito, ou seja, que se tenha foco.

Ter esse foco no que está sendo feito ajuda a enxergarmos os sinais de entrada e saída de forma mais clara, além de entender o movimento que o mercado está ( ou tem feito) para escolhermos melhores nossas operações, além do fato de que ao estarmos completamente focados no que estamos fazendo, saberemos quando nós cometemos um erro ou quando o mercado nos tirou das operações por que ele quis. (sim, o mercado é desses!)

Bateria Interna
Bateria

Como esta a sua bateria interna?

Cheque seu celular e veja a porcentagem de bateria que ele tem. Agora cheque a você mesmo, e me diga qual a porcentagem de bateria que você ainda tem? Já parou para pensar nisso, que todos nós temos um medidor de bateria interna, igual aos nossos celulares?!

Ao longo do dia, usamos nossa energia para executarmos nossas atividades, seja trabalho, estudo, cuidar das crianças, entre outras coisas. Obviamente, não temos energia eterna e por isso é de suma importância sabermos o que nós temos que fazer no nosso dia, para que essa energia seja gasta da melhor forma possível, pois do contrário, parece que o dia não valeu a pena.

Manter o foco e atenção em determinada atividade, requer muito dessa energia, portanto, se você acabar priorizando outras atividades, úteis ou inúteis, e deixar as atividades que requerem uma alta performance para o final do dia, você terá maior chance de fazer besteira, pois suas energias estarão no final e você não vai conseguir manter a concentração por muito tempo.

Um exemplo são as pessoas que estão fazendo dieta. Se você oferecer alguma guloseima que ela esteja restrita a comer devido a dieta, na parte da manhã, onde nós temos mais energia, é pouco provável que esta pessoa aceite. Se você oferecer no final do dia, terá maior chance desta pessoa aceitar, pois a energia que ela tinha, foi gasta ao longo do dia, e com isso, tem maior chance de “sair da estratégia”.

Então ter foco, vai nos ajudar a decidir o que é importante gastar energia e vai, automaticamente, excluir o que não é necessário.

Pequenas coisas que roubam nossa atenção e energia

Querendo ou não estamos cercados por informações que podem nos distrair e com isso, perdermos o “fio da meada” do mercado, além de nos roubar um pouco daquela energia que temos. As mensagens no celular, as notificações das redes sociais, o ambiente onde você está operando, aquele site de noticias que você gosta de ler as fofocas dos famosos, tudo isso rouba seu tempo e sua energia, além de tirar completamente seu foco do que realmente importa.

“Mas eu to sempre ligado! nada disso me atrapalha!”
Pato

Anda, nada e voa, mas não faz nada perfeito

Você é um ninja do foco então! É impossível fazer duas coisas, com perfeição, ao mesmo tempo. Uma sempre será prejudicada e a outra não terá um resultado tão bom assim… se acha que estou falando besteira, basta observar um pato…

Só pra relembrar, caso tenha se perdido aqui no texto, a atividade de um trader requer muita atenção ao que está sendo executado, pois uma entrada errada, um movimento errado, e seu dia pode ir por água abaixo

 

 

Segue a dica do tio: Se for operar, opere. SÓ opere. Esteja presente no momento!

Enquanto estiver operando, evite ficar com seu celular a mão, evite ficar olhando as redes sociais, busque um lugar onde ninguém possa te atrapalhar e se concentre no que está sendo feito. Aprenda a se monitorar em relação as suas condições, pois não parece, mas gastamos muita energia durante um pregão.

Algumas dicas breves

Assim como a bateria do celular, podemos fazer algumas recargas ao longo do dia, para que nossa bateria dure por mais tempo. Então se ao longo do dia você começar a se sentir com “pouca energia” tente seguir essas dicas:

  • Meditação: tente fazer uma meditação de uns 30 minutos ao longo do dia.
  • Intervalos regulares: Faça pausas de 15 minutos a cada 1 hora ou 1 hora e meia.
  • Tenha uma alimentação decente ( eu quis dizer saudável) e faça exercícios físicos (levantamento de copo, não conta)
  • Aquele cochilo depois do almoço é de lei!

Com essas dicas aí de cima, já da pra dar uma moral nas energias e manter o ritmo durante o dia de pregão.

Resultado de imagem para battery recharging

E aí, gostou do Post? Deixa seu comentário aí embaixo!

Se inscreve no Canal Patrícia Pedrozo Coach para saber mais sobre alta performance

E se ainda tiver com energia, dá uma olhada nos posts anteriores caso não tenha lido!

Um conselho para lidar com as perdas

Aperfeiçoamento de um trader